Arquivo de janeiro de 2015

Eu tive essa resposta com meus 8 anos…

- segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

feliz pensando no dinheiro Eu jamais tenho que ter o que eu mais quero nas mãos, para eu ter tudo o que eu mais quero. Até mesmo ter o meu dinheiro já em minhas contas, para atrair mais dinheiro, mas eu mesmo jamais posso me sentir pobre agora e ainda atrair muito mais dinheiro. E isso vale para tudo aquilo que eu mais quero na vida, não só para o tema dinheiro. A chave é, eu tenho que encontrar formas de melhorar a maneira com que eu me sinto agora, onde eu estou, jamais importando as circunstâncias negativas a minha volta, e isso, antes mesmo que as coisas comecem a mudar para melhor. Eu apenas procuro um alivio imediato, deixando de prestar atenção nas coisas que estão acontecendo que eu nesse momento acho errado ou que não gosto, e já vou sempre voltando a contar as minhas próprias histórias melhoradas de vida, como eu faço todos os dias escrevendo e publicando nas redes sociais, sempre inclinando mais na direção do que eu mesmo mais quero agora, em vez de continuar a ir na direção do que a minha realidade que eu ainda tenho agora é, assim a minha vibração sempre muda, o meu ponto de atração sempre se desloca, e eu sempre obtenho mais resultados completamente diferentes do que era a minha realidade há poucos momentos atrás….

SENTIR É PRECISO SOBREVIVER NÃO É PRECISO…

- segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

criança com presente Eu há muito tempo abandonei o aprendizado, o tentar entender as coisas, e essa coisa de fazer só por fazer então, é uma das coisas que nunca me caíram muito bem. Eu adoro sentir as coisas, eu adoro vibrar tudo a minha volta, eu amo a sensação gostosa de apreciar tudo o que eu mesmo me tornei agora, o que já tenho e até o que eu ainda faço agora, porque sei que é o meu natural Bem Estar que sempre me trás mais de tudo o que eu mais gosto e o que eu mais quero agora, apenas para eu mesmo curtir mais e me divertir muito mais ainda aqui nessa minha experiência momentânea de vida. Sem me justificar, sem ter que inventar desculpas, sem ter de fazer algo que eu não gosto para então merecer…

Eu me lembro quando ainda tinha minhas dificuldades de me sentir bem, sem me importar com as circunstâncias que eu não queria a minha volta. E me lembro também que todas as vezes que eu fui apenas um observador resistente e reagente, eu sempre me dei mal, eu só criava mais disso que eu mesmo eternizava, e ainda me jogava contra tudo que eu mais queria. Depois que eu passei a ser mais, um criador bem mais deliberado, usando mais a minha própria “apreciação” junto com os meus “cinco sentidos” para voltar ao fluxo de Bem Estar, tudo mudou para melhor, e melhor tudo fica. Eu senti um mal estar, um pequeno desconforto agora, eu imediatamente abro a geladeira, tanto faz se seja real, ou se eu estou apenas visualizando ou imaginando isso, escolho apenas o que eu mais gosto e aprecio e sinto mais agora; o visual, o sabor, o aroma, o paladar e até o meu gesto de pegar isso e levar a minha boca. Só essa viagem emocional já me leva direto ao meu Bem Estar, isso é estar no meu próprio vórtice criativo agora. Qual é a dificuldade de eu fazer isso agora? Se é o que qualquer criança faz em todos os momentos, para assim continuar a ser feliz e tendo o que ela mais quer agora…

Eu jamais quis ficar estudando muito, fazendo esses mais variados exercícios que as outras individualizações criaram, achando que todo mundo é igual, fazendo coisas, apenas por fazer ou simplesmente para agradar mais os outros ou até para ficar igualzinho a todo mundo, repetindo que nem um papagaio; obrigado, namaste e até o mais usado o grato… Isso é apenas eu mesmo desaprender de ser a criança que eu mesmo já fui um dia e que ainda sou… Quando eu dou uma coisa qualquer que uma criança acha gostosa, ou maravilhosa, seja ela a criança que for, ela pode estar com quem for, ela pode estar até doente, ela pode estar no meio de uma bela e uma festa maravilhosa agora, circunstâncias para ela nunca importa, ela não tem frescuras, ela apenas sorri mais, escancara sua felicidade exagerada e o meu coração simplesmente explode em mais alegra… Os pais é que querem que ela vire mais um papagaio do que uma criança feliz agora, querem quebrar ou não a deixar chegar aos seus 17 segundos de puro Bem Estar, para a maioria dos pais isso não existe, o que existe é o fazer algo no lugar de continuar a sentir, para assim continuar a merecer, então em sua resistência a apenas sorrir mais junto com todo mundo, deixando fluir mais a alegria, eles insistem, diga; obrigado, namaste ou grato… Tudo o que eu preciso na vida para ser bem mais feliz e muito mais próspero é, apreciar mais a vida, usando todos os meus cinco sentidos agora, apenas para fazer sobressair mais, tudo aquilo que mais me agradar, agora…

Ser feliz e realizado é muito fácil…

- domingo, 25 de janeiro de 2015

Eu realizado e feliz Eu adoro ser quem eu sou agora. E depois que eu peguei esse jeitinho gostoso de entrar na frequência ideal que me permiti ir a realidade que eu quero e que já existe, e que na qual, também já existe tudo o que eu já desejei, tudo ficou muito melhor e bem mais fácil de realizar todos os meus sonhos mais malucos que eu ainda tiver. Eu só tive de relembrar que em tudo, eu devo sempre iniciar, de dentro do meu próprio vórtice criativo, eu preciso ao começar qualquer coisa, já estar primeiro me sentindo bem, só depois disso, qualquer prazer me diverte mais. E é mole fazer isso… APRECIAR é a melhor ferramenta que eu já encontrei. E o melhor, a coisa é tão fácil, porque eu nem mesmo preciso apreciar o que já é meu, eu posso apreciar tudo o que existe e que até já foi criação de qualquer outra individualização da Fonte. Para mim foi bem mais fácil, por eu nunca ser alguém de ficar com muita frescurinhas na minha vida, sem esse falso moralismo e sem qualquer pudor. Se eu tiver que apreciar uma bela bunda, qual o problema? Se eu tiver de apreciar os bilhões que a Petrobras circulou e que só agora eu fiquei sabendo de todo esse volume, eu simplesmente aprecio toda essa grana, sem problemas, eu só aprecio a evidência real de muita abundância e prosperidade de muito dinheiro extremamente fácil.

Ao apreciar qualquer coisa, para tudo ficar mais real para mim, eu sempre uso todos ou alguns dos meus cinco sentidos, para agora curtir uma viagem maravilhosa, totalmente emocional, que eu sempre deixo passar de 69 segundos, dai para frente tudo é festa, e só comemorar… Então, depois que eu apreciei algo usando um dos meus cinco sentidos como: abrir uma lata de doce e degustar que eu já estou me sentindo bem agora ou eu poço colocar uma bela musica que eu adoro e que agora também já me levou ao Bem Estar, qualquer coisa que me leve ao Bem Estar serve. E só agora eu já posso imaginar e sentir mais, a liberdade que o objeto de desejo que eu escolhi agora focar, me deu a mais do que eu já tinha antes, eu imagino e sinto muito mais a felicidade a mais que esse mesmo objeto de desejo com certeza me trouxe agora e ainda sinto toda essa expansão explodir dentro de mim, ao me extasiar com a sensação do fluxo de Bem Estar, passando por mim e indo direto até onde está exatamente o meu foco agora, e simultaneamente voltando por mim a Fonte de puro Bem Estar… Assim tudo se manifesta, tudo se materializa para mim, aqui e agora.

Só uma coisa serve para todo mundo…

- sábado, 24 de janeiro de 2015

cochilo Só mesmo a sua tríade de intenções; liberdade, felicidade e expansão, é a única coisa que serve para todos, e assim mesmo, porque ela já inerente a vida de cada um, a essa sua própria experiencia de agora. Tudo que se quer de tudo é exatamente isso… Sem tirar e nem por. Nada mais é algo que sirva igualzinho para todo mundo, Por isso que tudo ligado a essa tríade de intenções fazem sucesso garantido em qualquer lugar, a começar pelas artes, a musica sem duvida é a mais forte para mim.

Do mesmo jeito, são todas as outras coisas. Mas, as pessoas querem uma coisa que sirva para tudo e para todos, e isso não existe, porque antes de tudo somos puras energias vivas que não morrem, somos seres que vibram em diferentes frequências e vibrações que se densificam em formas diferentes, tudo para dar a forma ideal a vibração emitida por um pensamento e que volta por você mesmo com mais essa nova informação, indo direto para a Fonte de Bem estar, onde todas assas informações ficam armazenadas, livres e disponíveis para quem mais vier a desejar.

Então, muitos dizem. Você tem hora que diz que vai fazer por vários dias diretos, 15 minutos de meditação, em outras ocasiões diz que faz a sua meditação apenas no dia e na hora que quer, porque isso tão diferente? Assim como uma coisa não serve para todo mundo, uma coisa também não serve para mim sempre do mesmo jeito. Quando eu tenho algo que eu acredito ser muito importante para mim, eu faço 15 minutos todos os dias até o universo me dar a informação que eu pedi, fora disso eu só faço meditação quando me sinto sem energia, e tem uma coisa a mais, como eu criei minha própria realidade, eu ganho o meu dinheiro, dormindo ou acordado e onde eu estiver, então eu posso me dar ao luxo de dormir 15 minutinhos na hora e no lugar que eu estiver e que eu quiser, e isso faz o mesmo efeito, eu só tenho que estar alegre antes ou até já ter dado a minha intenção antes de dormir esses 15 minutinhos, que também limpam a minha mente dos pensamentos do ego. E assim todas as respostas vem…

Novas crenças tornam tudo mais possível…

- sábado, 24 de janeiro de 2015

Há muito tempo que eu já percebi que, pensamentos positivos sem se estar primeiro muito estruturas-de-crençasfeliz, nunca trás nada de bom para ninguém. Porque se eu mesmo tenho uma crença negativa, ela vai me fazer abortar de qualquer jeito ou maneira. Eu só crio o que eu mesmo acredito que seja possível. Jamais alguém criou alguma coisa nessa vida acreditando ser isso impossível, porque assim, isso não pede a resposta a Fonte de Bem Estar, onde estão todas as informações possíveis e imagináveis, e assim a resposta não vem. Tudo o que eu mesmo acredito que é verdadeiro e que é realmente possível se manifesta imediatamente na minha vida… Porque nenhum desejo fica sem ser atendido…

Mas, temos de ter, ou criar e realimentar crenças que nos permitam reforçar a nossa própria sincronicidade positiva. Tem gente que prefere descobrir quais são as suas crenças que reforçam a sua sincronicidade negativa, eu já prefiro o caminho de menor resistência, que é eu mesmo criar um momento alegre agora, ou usar um momento de muita felicidade que uma outra individualização qualquer já criou, existem aos montes, e assim passar a ser sugado agora, pelo meu próprio vórtice criativo, já me sentindo sempre mais; livre, mais feliz e muito mais expansivo.

É simples demais, eu imediatamente procuro algo para apreciar, pode ser qualquer coisa, e sempre usando os meus cinco sentidos. Eu posso escolher sentir algo com um paladar sem igual, ouvir uma musica maravilhosa, ver uma criança brincando na areia da praia, ficar passando a mão em um lindo cãozinho que nem precisa ser meu, posso me estasiar com o perfume de alguém próximo a mim, ou abrir um frasco que carrego na minha mochila e me deliciar com o seu aroma. E depois disso eu imagino a liberdade que esse objeto de desejo que eu mesmo escolhi pensar, focar agora, pode me dar a mais agora, imagino o que de felicidade a mais esse objeto de desejo pode me trazer agora e imagino como esse objeto de desejo pode cooperar com a minha expansão eterna… Eu acabei de criar uma sincronicidade positiva, agora é tudo com a Lei da Atração… E saio apenas para comemorar…

O Universo sabe das coisas…

- sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Acessos Se a Fonte não fosse escandalosamente abundante e exageradamente prospera em tudo, aqui mesmo no nosso planeta, tudo seria apenas mais do que já é. A Fonte criou infinitas individualizações que também podem desejar mais, para que existisse todo esse crescimento exponencial, ela sabia que mesmo com todas as individualizações tendo o mesmo acesso livre a todas as informações, como individualizações limitadas que são, a maioria se contentaria servir apenas de contrastes, sendo mais observadoras reagentes e produzindo bem mais o lado da falta dos contrastes, ficando apenas sendo sempre mais do que já e. Mas, mesmo assim elas dariam muito mais escolhas para as outras individualizações que realmente; desejassem vibrassem e descobrissem, quem elas realmente são e se permitissem fluir mais…

Nikola Tesla é um grande exemplo disso. ele não estava nem ai para usar seu mecanismo de foco apenas como base da sua criação, ele recebia o acesso as informações da Fonte e apenas se inspirava mais em realiza-las, ele só colocava no papel, na prancheta, o que era necessário para que as outras individualizações resistentes ao fluxo, pudessem apenas repetir o que ele recebeu da Fonte, já que era o que a maioria até hoje ainda sabe fazer, linha de montagem; repetir, repetir e repetir. E os resultados sempre são ínfimos para quem usa o cérebro, para outra coisa que não seja como um mecanismo de foco. Thomas Edison foi a prova real disso, suas duas maiores realizações, tentando anos e anos com muitas tentativas e erros, quando chegaram a manifestação, já estavam superadas como sua lâmpada e sua energia continua, porque ele era como a maioria de hoje, querem fazer acontecer só com o seu fazer apoiado pelo que ele mesmo aprendeu repetindo de quem sempre repetiu o que alguém acessou sem repetir nada de ninguém.

Nos dias modernos é a mesma coisa, sem Bill Gates largar Harvard o berço da idolatria do cérebro limitado, do ego resistente ao Bem Estar ilimitado, não teríamos softwares, sem ele estimular Mark Zurckerberg a largar a mesma Harvard, não teríamos o Facebook hoje. O meu chara, Eduardo Saverin, cocriador do facebook, queria implantar a mesmice, queria que Mark usasse o cérebro limitado, vendendo propaganda com os outros veículos já faziam, tendo um crescimento totalmente limitado no desenvolvimento do Facebook. E olha que eu estou falando de quem ficou milionário, mas jamais bilionário como o Mark. Isso acontece em todos os lugares do mundo, pessoas que desejaram e tiveram acesso a Fonte de alguma maneira como; Abraham, Bashar ou Osho. Mesmo eles dizendo que para se criar um botão ou o planeta Terra, é a mesma coisa, a energia é a mesma, basta permitir a energia e a informação fluir por alguma individualização qualquer, que ela poderá realizar agora, tudo o que ela mesma quiser; ser, ter ou fazer. E a grande maioria ainda está querendo usar o seu cérebro limitado, para processar, analisar e assim poder usar essa informação que ela mesma diluiu da Fonte. A maioria poderia tudo, eu digo tudo mesmo, mas elas querem usar isso para criar r$ 200,00 reais que precisam, para discutir se deve devolver uns trocados em vez de gastar seus momentos para ser mais feliz agora, para passar num concurso publico, para manter sua vida no mais do que ela já é… Como dizem esses acessos da Fonte, tanto Abraham como Bashar, isso é apenas uma questão de escolhas, você pode ir por qualquer caminho, só estamos dizendo que poderia ser bem mais fácil, um caminho de menor resistência com muito mais alegria, muito mais felicidade e um crescimento exponencial em todos os temas de suas vidas…

SABENDO QUEM EU SOU AGORA..

- sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

foco Eu sou uma individualização da Fonte de Bem Estar, na linha de ponta do pensamento da Fonte, num Universo repleto de contrastes, tudo o que existe nesse mundo holográfico é contrastante, onde eu só tenho que; escolher mais, focar mais e dar a minha atenção não dividida, para que qualquer coisa seja eternamente mais, sempre mais. Eu jamais posso excluir algo. Cada contraste, para ele existir pra mim, para se tornar a minha realidade física agora, já que ele é totalmente vibracional, eu preciso senti-lo agora, para que ele exista, para que ele se manifeste e se materialize, agora.

Então, em todo o contraste existe, o objeto de desejo e a falta do mesmo objeto de desejo. O ego sempre confunde o desejo com o objeto de desejo. Todo contraste é apenas mais um dos infinitos objetos de desejo. Mas o “desejo” é um só em tudo, sentir mais; felicidade, liberdade e expansão, como resposta do meu foco em qualquer que seja o objeto de desejo. Porque isso? Porque eu só tenho na verdade um mecanismo de foco que algum ego o denominou de cérebro, uma coisa que só armazena informações já coletadas por repetições e mais repetições e os separa por temas e vibrações sentidas, Bem Estar ou ausência do próprio Bem Estar, me mantendo apenas como mais uma individualização limitada da Fonte.

Eu sou apenas um mecanismo de foco de energia, que se eu a deixo passar por mim, eu já me sinto bem melhor agora e isso que eu escolhi e foquei sempre se torna imediatamente mais, mas se eu em vez de só focar no que quero, no objeto de desejo, eu começo a usar o mecanismo de foco, que só é para armazenar pequenas partes das informações da Fonte e que ainda é muito limitado para tentar explicar o; como, onde e quando isso aconteceu, e ainda penso que eu ainda tenho que fazer uma atividade física qualquer, para isso acontecer, eu mesmo resisto ou não permito o fluxo de energia ir onde ele teria de ir, no objeto de desejo, é como se eu mesmo fechasse a torneira de energia para o meu objeto de desejo, ou seja, eu direciono, eu jogo a energia para criar apenas mais informações das mesmas informações que eu já tenho armazenadas, eu só incho o meu próprio ego, e a energia não chega no objeto de desejo. Por mais que eu tente olhar para o contraste que eu já escolhi, se eu só sinto ausência de energia como retorno, eu me sinto mal, ou seja, eu sinto mesmo é a ausência do Bem Estar. Porque tudo o que eu sinto mesmo é, a energia do Bem Estar passar por mim e ser mais e ela mesma sempre tem de voltar por mim a Fonte fazendo, tudo ser mais… Ou eu mesmo vou perdendo energia como ser físico, essa individualização e bato as botas, apenas voltando a ser novamente pura energia da Fonte.

VOCÊ AINDA VAI RELEMBRAR QUEM VOCÊ REALMENTE É…

- quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

adoro tudo isso As principais respostas da Fonte, as que eu mais dei o meu foco e a minha atenção ainda nessa experiencia de vida, me falavam sempre a mesma coisa. Você ainda vai relembrar quem você é… Meu pai foi o primeiro, depois veio a minha madrinha, veio o Buda, e depois veio Napolleon Hill, e os mais recentes; Abraham, Bashar e Osho. Todos eles viera repetindo seguidamente isso para mim. Você é diferente meu filho, você ainda vai ser quem realmente você é. Minha madrinha dizia que eu tinha sangue azul. O Buda dizia que eu era iluminado. Napolleon Hill dizia que eu eu tinha tudo o que os homens de sucesso precisaram de ter. Abraham repete isso mais que ninguém. Bashar nem se fala e Osho me diz sempre que eu acesso ele, você veio para zuar com tudo o que tenta te fazer esquecer quem você realmente é…

Tudo nesse mundo é holográfico, a única coisa real nesse minha experiencia ainda como individualização da Fonte de Bem Estar, estando ainda nessa linha de ponta do pensamento, como o cocriador que eu sou agora é, a experiencia que eu mesmo crio, sempre focando e dando a minha atenção em; vibrações, depois pensamentos, depois pessoas, depois coisas e eventos… Eu mesmo fui criando a minha própria historia, portanto nunca houve injustiça, nunca teve um outro culpado para tudo vir acontecer na minha vida do que eu mesmo. Porque eu queria experimentar de tudo mesmo. Por isso eu sempre me senti diferente. Tudo era reflexo do que eu queria experimentar.

Eu mesmo escolhi ser aquele esperma fecundo, eu escolhi o óvulo para acertar, dai para frente só fui montando a minha própria historia que eu mesmo queria muito experimentar. Toas as outras pessoas com quem eu já cocriei e ainda vou cocriar, são apenas reflexo do que está na minha mente, toda a energia e informação que passa por mim simultaneamente cria novas informações que voltam a Fonte que eu vivo acessando, e todas essas informações, não só as minhas, mas até dessas pessoas que foi eu mesmo quem as criei nessa experiencia, todas elas, estão disponíveis para mim, mas eu só posso acessar de acordo com o que as minhas crenças atuais que eu mesmo criei e que vivo realimentando, me permitem, para eu continuar nesse mundo holográfico brincando de ser o Eduardo Billy Crescêncio ou eu voltaria a ser energia da Fonte. Você mesmo que está lendo isso que eu escrevo, aqui e agora, não passa de um holograma na minha mente, que também cria hologramas na sua mente, que fazem a expansão de todos esses Universos paralelos, os quais eu e você também temos livres acesso…

Eu escolho ser mais criança, ainda que grande…

- quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

crianças muito felizes Desde minha época de budismo que eu prefiro; conversar, dialogar e vibrar, muito mais com os mais jovens, do que com os adultos e veteranos, as crianças são as que mais tem a me acrescentar, e os mais jovens, são muito mais livres para as novas escolhas e sobre o que é mais importante para elas mesmas focarem mais agora, elas sabem que a sua paixão e sua alegria são o tudo de mais importante na vida que eles tem, isso é o mais puro Bem Estar, é verdadeiramente o que cada um de nós é… Elas são sempre mais;livres, felizes e expansivas em tudo…

Só mesmo as pessoas de mais sucesso na vida, levaram adiante essa sua alegria e a sua paixão em tudo o que ainda fazem na sua fase adulta, e sempre sem muitas justificativas, sem muitas desculpas, sem fazer nada por merecimento. Elas querem apenas continuarem a ser o que ela são. Felizes, apaixonadas pela vida, se divertem com tudo o que fazem para conseguir o que todas as outras pessoas também querem, mas que, só elas conseguem ter tudo isso que mais desejam, em abundancia e sempre com muito mais prosperidade. Porque onde existe paixão e alegria, nunca existiu coisa grande ou pequena, não existe preocupação, tudo é bem mais, fácil, simples e alegre, quando não se racionaliza muito, cada coisa que se faz…

Ainda querendo mudar o reflexo do espelho?

- quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

reflexo (1) Tudo o que existe na vida, nessa minha realidade é um reflexo do que se passa na minha mente, todas as vezes que eu realmente mudei o que eu mesmo pensei por anos, que isso não estava me deixando sentir bem, e que eu mesmo tentei duramente por muitos anos, sempre fazendo coisas para tentar mudar o mundo, como os meus muitos anos de budismo,; indo e fazendo reuniões, dando palestras, praticando exercícios diários, eu realmente só mudei a minha realidade num piscar de olhos, quando mudei a minha própria forma de pensar. Eu mudei a mim mesmo e não o reflexo.

Todo o sofrimento humano vem dessa tentativa de mudar o seu próprio reflexo, as pessoas querem ver e sentir o reflexo de Bem Estar no espelho da vida, ainda com a sua cara de suor e de preocupada em mudar o seu próprio reflexo. Bastava ele sorrir mais… Se divertir mais… Relaxar mais… Apreciar mais… E o reflexo automaticamente seria o de Bem Estar. Tudo é apenas crenças resistentes ao Bem Estar. Todas as dificuldades, sejam elas quais forem, nunca fazem parte da criação de mais Bem Estar. Criações e manifestações são instantâneas. Sem eu mesmo manifestar coisas o tempo todo, jamais existiria essa realidade que eu vibro agora. Toda a dificuldade de manifestar é que as pessoas só criam no que elas mesmas acreditam que seja possível. Tudo que você mesma acredita que é verdade e que é possível se manifesta imediatamente…