ANO NOVO, MOMENTO DE NOVAS IDEIAS…

31 de dezembro de 2014 por
Publicidade

2015 Eu só posso considerar conscientemente a minha maior parte, essa minha parte não física também não focada agora nesse mundo físico, se eu mesmo conceber que, eu fisicamente sou apenas a linha de ponto do pensamento, essa individualização limitada, esse ego que eu mesmo criei, repetindo e repetindo muitas vezes, vibrações, pensamentos e coisas, identificando-os por semelhanças e os colocando separados por temas, com os quais eu mesmo formei o meu próprio sistema de crenças, esse paradigma que me realimenta fisicamente meu cérebro, esse mecanismo de foco, e que me guia nessa jornada física agora, fazendo sempre as minhas próprias escolhas, sempre de acordo com o que o meu sistema de crenças me permite.

Uma vez que eu me lembre que sou essa extensão física da Fonte de todas as energias que criam mundos, então eu posso agora começar a considerar, e, conscientemente criar uma tendencia ao meu alinhamento com a minha contraparte, eterna, essa parte não física maior. Como os Abraham dizem… Eu mesmo tomei a decisão de me concentrar nesta realidade tempo-espaço físico, entendi que ela seria um lugar espetacular de equilíbrio e de muitas e grandes variedades, e de contrastes perfeitos.

Entendi que não haveria competição alguma por recursos, mas apenas oportunidades para dar à luz as minhas próprias ideias e também entendi que uma vez que uma ideia qualquer, tenha sido dada à luz, os meios com os quais ela viria a se tornar minha própria realidade se seguiriam naturalmente. E agora eu estou aqui, uma extensão da Fonte de Energia com foco num ambiente de perfeito contraste e equilíbrio, assim como eu me destinei a explorar; decidindo, preferindo, criando, e tornando-me isso agora. Eu mesmo sou, tudo aquilo que eu mesmo penso e sinto ser agora… É isso que eu realmente sou… Uma resposta vibracional ao que eu pensei e senti agora…