Arquivo de novembro de 2014

Sou quem sempre crio a minha própria realidade…

- terça-feira, 25 de novembro de 2014

centro-do-universo Eu sempre crio a minha própria realidade e eu faço isso apenas pelos meus próprios pensamentos deliberados ou não, então eu mesmo emano uma frequência vibracional que a Lei da Atração está constantemente e simultaneamente respondendo. E assim, em todos os momentos que eu estou consciente, eu estou criando o meu próprio ponto de atração, e tudo o que eu experimento agora, está vindo para mim por causa dessa minha própria emanação vibracional e também sempre em resposta ao que a Lei da Atração trás para essa mesma vibração. Os Abraham dizem que é como se eu estivesse em pé sobre uma espécie de disco vibracional girando e apenas as coisas da mesma vibração que a minha, poderiam me acompanhar em minha espiral. O meu disco muda sempre, dependendo dos pensamentos que estou pensando e das emoções que estou sentindo agora.

Jogando, me divertindo e mudando de fazes…

- terça-feira, 25 de novembro de 2014

jogo sonic A vida é um jogo, só que em vez de passar por fazes, eu tenho que ir vibrando para outras infinitas realidades paralelas, cada vez mais distantes das que eu estou experimentando, para o jogo continuar a ficar divertido. O jogo da vida é igual ao jogo que as crianças tanto adoram brincar, se eles não passarem de faze, o jogo fica maçante, sem graça. Assim também é a vida, sem mudar para realidades paralelas, completamente diferentes das que já estamos vivendo, tudo fica um saco, somos apenas sempre mais do que já somos.

Como eu sei se mudei de faze ou melhor de realidade? Isso é muito simples, eu apenas tenho que estar mais sensível ao que eu mesmo sinto agora. Se eu repito coisas na minha vida e já me sinto diferente eu mudei de realidade. Agora, se eu continuo atraindo coisas que se repetem na minha vida, como por exemplo, estar sem dinheiro e sempre me sentindo mal, eu vou ficar patinando nessa faze, e eu não saio dessa realidade até eu me sentir completamente diferente. Eu preciso entender e conceber que circunstâncias não importam, o que importa mesmo é o que eu sinto agora. Se eu me sinto bem, mesmo que a circunstância se repetiu de novo nesse momento, eu já não preciso mais repetir essa realidade. Eu passei de faze. Você só fica nessa faze por que quer…

Desvendando a armadilha…

- terça-feira, 25 de novembro de 2014

natal rn Ou eu sigo o fluxo de energia e informação de Bem Estar ou eu caio na armadilha da resistência. O Bem Estar abunda a minha volta, assim como a falta dele mesmo. Sem a falta do Bem Estar, ninguém saberia o que é o próprio Bem Estar. Essa experiência momentânea num mundo físico sempre teve uma tríade de intenções; liberdade, felicidade e expansão da própria consciência. Por mais resistente que forjarmos o ego, através de repetições de vibrações mais resistentes, tendo assim mais emoções com grande grau de densidades, sabíamos que nunca tínhamos como errar. O máximo que pode me acontecer é eu mesmo voltar a ser eternamente pura energia de Bem Estar.

A resistência é necessária para que eu mesmo possa viajar por todas as emoções desse mundo físico, desde o meu próprio vórtice criativo até a minha mais densa emoção que seria o limite dessa existência momentânea física. Essa é toda a experiência que eu vim fazer aqui, experimentar todas as emoções para poder sentir a plenitude do Bem Estar. Da apreciação, amor, liberdade, poder, conhecimento e alegria ao medo, a tristeza, a depressão, o desespero e a impotência. Até mesmo essa palavra armadilha é uma forma resistente do ego poder se sentir vivo. Porque eu tenho toda a eternidade para experimentar de tudo, todas as emoções. Mas, como ego, uma individualização da Fonte eu quero experimentar mais o Bem Estar, aqui e agora.

Para que eu possa experimentar mais o Bem Estar, eu só preciso criar uma crença dominante que seja a mais simples possível. Ela deve se basear em apenas mais; liberdade, escolhas, inspiração e crescimento. Sem isso eu vou cada vez mais para realidades limites desse corpo físico, que são realidades muito densas, onde eu chamo de armadilha, porque sou eu mesmo quem peço cada vez mais; menos liberdade, menos escolhas, menos inspiração e quase nenhum crescimento. Eu sei disso quando me pego pensando em sobrevivência e achando que eu não tenho escolhas, racionalizando todas as coisas, tentando explicar tudo, justificando, rejeitando, projetando, criando paranoias ou embarcando numa e querendo recompensas, por eu mesmo ter resistido tando ao meu natural fluxo de energia e informação de puro bem estar.

Eu sou completamente novo a cada dia…

- domingo, 23 de novembro de 2014

Eduardo Billy Eu adorei essa ideia de nascer novo todos os dias. Eu já aceitei facilmente que existe apenas um único fluxo de energia e informação de puro Bem Estar que é não físico, e que é também a única Fonte de todas as coisas, e que ele sempre flui para mim e sempre passa por mim quando estou alegre, quando eu mesmo sorrio mais para a vida. E só por isso, tudo o que eu mesmo mais quero nessa vida tem a permissão de vir. A minha alegria é a permissão de eu mesmo poder ir para onde já está tudo o que eu mais quero experimentar agora. Essa realidade já existe. Isso sempre esteve ai bem na minha cara o tempo todo. Eu venho comprovando isso em mim mesmo e observando nos outros. As pessoas que são mais alegres e que nunca abandonaram a sua felicidade, que decidiram ir pelo caminho da menor resistência ao fluxo de Bem Estar, sempre realizam os seus infinitos desejos, seja lá o desejo que for…

Então eu mesmo decidi todos os dias ao acordar dar a minha intenção,.Eu só quero ver o que eu mais quero ver, nada é mais importante que a minha própria felicidade, circunstâncias não importam o que importa é a minha alegria. E depois disso é só eu mesmo seguir o meu próprio entusiasmo natural que eu sinto no ato de fazer todas essas minhas escolhas de foco, e de minha atenção não dividida. Essa decisão de ser bem mais deliberado com o meu foco, me permite sair da categoria de observadores reagentes, então eu já não perco mais os meus momentos felizes, focando em coisas que eu não quero. Eu apenas me permito mais em vez de ficar resistindo ao meu natural fluxo de Bem Estar…

Sorrir é o melhor remédio… A única coisa honesta nessa vida é a sua vibração…

- sábado, 22 de novembro de 2014

sorrir A vida é uma grande mentira… Sorria mais, tire mais sarro de tudo. Jamais leve alguma coisa ou pessoa a sério. A sua vibração é a única coisa que nunca mente, nem para você mesmo. Você pode até fazer uma cara de feliz, mas a sua vibração de falta de alegria jamais passará a felicidade para alguém e nem mesmo atrairá tudo aquilo que você mais quer… Se você quer ser feliz, prospero e abundante em tudo; saúde, relacionamento, dinheiro, negócios, coisas e eventos. Você tem que aprender a tirar sarro de tudo. Rir muito de tudo mesmo. Qualquer coisa deve ser um grande motivo de mais uma boa piada na sua vida. Afinal, tudo o que acontece é em resposta ao que as pessoas estão perguntando e pedindo ao Universo.

Foi você mesmo que pediu para estar nessa realidade do medo, apenas com a sua própria vibração do momento. Tudo que existe que não te faz feliz é uma resposta tentando te fazer voltar ao seu natural alinhamento com o fluxo de Bem Estar. Os políticos e as grandes empresas são corruptas, porque é isso que o povo pede mais. Ou você já viu alguém recusando ou saindo espontaneamente de uma bolsa família? Veja que, se pode contar nos dedos no meio desse enorme numero de funcionários públicos, principalmente os professores que vivem reclamando que ganham mal e que não são valorizados, alguém querendo largar o osso… Eles adoram viver assim, seguros mesmo ganhando mal, isso é uma escolha deles com medo de sofrer mais se larga as tetas do governo sem fundos. Lá no fundo todos eles querem ser mais; livres, felizes e expansivos em tudo, mas se cagam de medo da liberdade, e assim pedem mais leis idiotas, até chegar um dia para eles que não terão mais liberdade alguma.

A vida que a sociedade vive e vende é uma grande mentira. Somos todos energias e informações do Vácuo Quântico e quase todo mundo, inclusive alguns dos poucos que já descobriram a física Quântica, ainda te tratam e se tratam como se fossem apenas matéria e pior, como meros observadores reagentes. Os placebos misturado com a esperança e a alegria, são os melhores remédios do mundo. Curam mais que qualquer remédio. As religiões ainda sobrevivem com apenas a mentira de que existe; um diabo, demônios e inferno. Sem elas mesmas repetirem essas três palavras criadas pelo EGO, muitas e muitas vezes ao dia, o diabo e elas mesmas já seriam apenas mais uma piada sem graça. E você pode rir a vontade, porque todas as pessoas fazem isso, apenas para tentar te fazer voltar ao fluxo de Bem Estar. Sem todas essas mentiras e esquisitices você já teria voltado a ser pura energia, teria batido as botas faz tempo, rsssss

A VIDA É PARA SER MUITO DIVERTIDA E É… PELO MENOS PARA QUEM ESCOLHE, RSSS

Como eu sei se estou em um modo de recepção ou não?”

- sexta-feira, 21 de novembro de 2014

adoro dinheiro diversos Os Abraham dizem… Você sempre está se sentindo bem quando você mesmo está em um modo ou estado de recepção. Então, quando alguém lhe oferece um elogio, você recebê-lo com alegria, ou você mesmo é tipo que se descuida do que é mais importante para você mesmo, que é estar se sentindo bem antes de tudo. Geralmente nessa questão, há sempre algo sobre você acreditar que deve justificar essa sua existência através do seu esforço físico ou através de sua perseverança, através da sua luta diária. Muitos batem no peito e dizem, eu sou um que sempre luto muito pelo o que eu quero, como se isso fosse o máximo. E assim muitos de vocês simplesmente não tem praticado o modo de recepção de tudo que é relacionado com o natural fluxo de energia e informação de puro Bem Estar..

A pergunta que mais se repete…

- sexta-feira, 21 de novembro de 2014

adoro café da manhã Porque eu não consigo? Essa pergunta é feita de várias maneiras por várias pessoas. São pessoas que dizem assim. Até parece que a LDA só funciona para você, porque? Outros já a fazem assim. Eu já fiz tudo que é exercício e já li todos os livros e nada, porque? A verdade é que é a mesma pergunta de várias formas. E a resposta é apenas uma. As pessoas querem fazer tudo e qualquer coisa, sem antes estar se sentindo bem com ela mesma, elas querem fazer algo para se sentir bem, elas entram na Internet ou nos grupos das redes sociais pensando em ler alguma coisa para assim poder se sentir bem. algumas até se iludem por terem entrado algumas vezes já se sentindo bem, mas não deliberadamente, e assim continuam a ser observadoras reagentes. E assim ficam viciadas a reagir a essas coisas externas até que algumas vezes não funcione mais e ai é sempre uma luta constante.

Tudo que se tem a fazer é dar uma decisão, sua intenção sempre ao dormir e ao acordar. Eu só quero ver o que eu quero ver. Eu adoro me sentir bem. E procurar alguma coisa no quarto, ou deixar do lado da cama uma coisa que goste muito, para poder assim apreciar por apenas uns míseros 17 segundos antes de dormir e de se levantar de manhã, e depois seguir apenas o seu entusiasmo, só fazer o que mais o entusiasma e que lhe de alegria. Seja na escolha do que vai comer ou beber no café da manhã, e depois escolher o que mais entusiasma primeiro para fazer depois do café. E seguir o dia todo escolhendo o que mais o entusiasma de verdade. Ser feliz antes de tudo é tudo…

O grande jogo das realidades paralelas…

- quinta-feira, 20 de novembro de 2014

jogo-da-vida Tudo é sempre um grande jogo vibracional e divertido, é verdade mesmo! Sempre o que eu penso, o que eu sinto e até o que eu recebo, são sempre fases do grande jogo que é a vida. E eu preciso passar de fases para poder experimentar todo esse jogo divertido que é ir mudando de realidades paralelas até chegar nas realidades mais distantes que eu mesmo quero chegar agora. A primeira fase é sempre entrar em alinhamento com a Fonte, é sempre me fazer ser sugado pelo meu próprio vórtice criativo, que sou eu quem o coloca para funcionar, como se fosse um grande redemoinho de fortes emoções positivas. Para isso eu preciso iniciar o jogo de onde eu estou vibracionalmente agora. Então, eu me pergunto, qual é a emoção que eu estou sentindo agora? E como esse é eternamente um jogo sem inicio e sem fim, tudo acontece no meu agora. Geralmente eu dou inicio em qualquer fase que eu já estiver, ao me deparar com o lado da falta de algum novo contraste que eu mesmo ainda não escolhi experimentar agora, porque é ali que nasce um novo desejo. Uma nova aventura divertida e feliz… Esse é um grande jogo de escolhas, repleto de infinitos contrastes que sempre tem dois lados, e sou eu quem escolho qual deles, o da falta ou do desejo, onde tudo é sempre abundante e prospero, tem energias e informações sendo processadas e expandidas a cada momento. As principais ferramentas são o meu próprio foco e a minha poderosa atenção não dividida sobre o que eu mais quero experimentar agora. Eu nunca tenho como errar, tudo sempre está bem no meu mundo…

marcador de livros tabela emocional Eu posso ter até ido ao extremo dessa densidade física, posso ter tido muito medo do que presenciei, observei e até que imaginei naquele momento do encontro com o contraste, ai eu mesmo vou subindo bem lentamente para não precisar despencar de novo se eu por um acaso voltar a sentir a falta do desejo, ao lembrar do contraste. O “medo” é uma das emoções mais lentas vibracionalmente, mais densa, e eu posso já ir procurando um pensamento de “insegurança” e ir subindo nessa escala emocional, eu só tenho que ir usando o meu GPS emocional, me senti melhor, esse é o caminho certo, e nem mesmo preciso passar mais que 17 segundos em qualquer emoção que eu escolha ir agora e já vou subindo mais, agora para a “aversão” a falta desse mesmo contraste, e logo subo para sentir “raiva” de ter encontrado com essa falta, e eu já posso pular para sentir uma “duvida” sobre isso, e assim já posso me sentir “irritado” com tudo isso e já pular para a “esperança” que é sempre a entrada desse meu vórtice criativo, agora sim tudo ganha mais velocidade, tudo é mais “felicidade” e eu já posso me “apaixonar” por mais esse desejo sendo sugado para o olho do furacão, agora eu estou no centro de energias que giram e se misturam em tremenda harmonia, sempre de mais; alegria, conhecimento, poder, liberdade, amor e apreciação. E eu preciso aproveitar o máximo esse momento até ser jogado de novo para o grande jogo da vida.

E tudo se inicia de novo, eu só preciso reeducar o meu ego que foi criado em alguma realidade paralela onde sempre se resiste muito ao fluxo de Bem Estar, onde quase todas as crenças criadas tinham como base o medo, e assim o ego que foi criado por repetições de pensamentos envolvidos com esse sentimento de medo, passou a buscar identificação com mais pensamentos ligados a essas emoções semelhantes ao medo, que realimentariam ele próprio o ego. Para mudar de fase é preciso criar novas crenças agora, e sempre ligadas agora, as emoções mais positivas para eu mesmo poder ir para as realidades cada vez mais distantes que eu possa imaginar agora. E esse deve ser sempre um jogo muito divertido e alegre, porque ele é um jogo Universal e que está em eterna expansão…

A vida como ela é…

- quarta-feira, 19 de novembro de 2014

bar-da-praia Recife A coisa que eu mais ouvi em toda a minha vida é alguém dizendo que quer mudar o mundo a sua volta para poder se sentir bem. O que faço com meu namorado? depois vem o marido, depois os filhos, depois o trabalho e seus amigos negativos e tudo mais que está errado no ponto de vista dela. O mais engraçado é que essas pessoas até tomam uma direção certa sem saber, só que, não fazem o principal. Estar feliz antes de tudo é tudo. Estar alinhado com o fluxo de energia e informação de Bem Estar antes de tudo é tudo. Então, essas pessoas quando estão menos resistentes ao fluxo, tomam seu pilequinho num bar da esquina e outros vão direto para casa dormir para esquecer todos os seus problemas, só que, sem primeiro estar se sentindo Bem, ainda resistindo o seu natural Bem Estar.

Na verdade, tudo o que existe na vida de qualquer pessoa, são os contrastes, e todos os contrastes tem o lado do desejo e o lado da falta desse mesmo desejo, isso é inerente a todo e qualquer contraste. Quem faz as escolhas somos nós mesmos. É o meu foco, essa minha atenção ao lado que eu estou escolhendo ver agora, o que faz a minha vida ser maravilhosa ou ser um tremendo mal estar. Eu tenho a capacidade para viver ou vivenciar qualquer coisa, tanto a falta como o desejo. Eu só tenho que escolher mais deliberadamente o que eu quero, se é me sentir muito bem focando no lado desejo que nasce em mim nesses infinitos momentos de encontros com os infinitos contrastes ou se eu me permito sentir o mal estar ou um desconforto que vai crescendo ao eu mesmo focar só no lado da falta que existe em tudo e em todos.

O caminho mais rápido para se voltar ao fluxo de Bem Estar, sempre é o caminho de menor resistência, e realmente um chopp com os amigos pode ser um deles, desde que, antes de se ir para o barzinho ou a barraca da esquina, você mesmo já tenha voltado a procurar por pensamentos que o faça se sentir BEM, isso sempre antes de ir para o “Happy Hour”. O sono também é um excelente caminho para silenciar a mente racional e deixar com que o seu “eu interior” possa fluir toda energia que as suas células precisam e também voltar ao fluxo de Bem Estar, desde que, antes de se deitar se tenha procurado por pensamentos que o faça voltar a sentir o fluxo de Bem Estar. E assim ao acordar se habituar a também voltar a procurar imediatamente algo para poder apreciar. Só isso já mudaria a sua vida rapidamente e tudo seria um eterno Bem Estar…

Eu só recebo o que eu estou pedindo…

- terça-feira, 18 de novembro de 2014

a-coruja-Salomão Eu adoro reler o livro “Sara”… Salomão a coruja que fala diz para Sara, dar uma respostas para quem ainda não perguntou nada sobre o que você fala é pura perda de tempo, é puro EGO inchado. Não por que a pessoa não esteja preparada para essa informação, ou que ela precise antes aprender alguma coisa ou que ela seja de um nível inferior, ela apenas não pediu essa informação. Portanto essa informação é inútil para ela naquele momento. A pergunta que não quer calar é… Como é esse pedido que ela faz?

As pessoas pensam que suas palavras perguntam, na verdade elas apenas colocam para fora o que armazenaram no ego. Suas verdadeiras perguntas são vibracionais e é vibração que elas recebem. A Lei da Atração é uma Lei universal, e cada pessoa já é afetada por ela agora. E é verdade que sempre o que eu penso, e o que eu sinto e até o que eu recebo, são sempre um jogo, e não há uma só pessoa nesse planeta que não sabia disso antes de eles nasceram aqui, todos nasceram sabendo disso, e também não há uma só pessoa no planeta que não se beneficiaria por conhecê-la. Mas muitos, muitos e muitos, ainda não estão pedindo e, portanto, ainda não estão se permitindo nesse momento para receber essa resposta que outras pessoas já pediram e assim se permitiram.

E assim, os Abraham dizem que, apesar de toda essa gente lá no fundo, estarem querendo essa informação sobre a LDA, nem todos pedem essa informação deliberadamente. Nós não gastaríamos todo o nosso tempo tentando convencer alguém de alguma coisa que ela não quer saber agora, porque se elas não estão pedindo, suas respostas são apenas irritantes para elas agora. Tudo é uma questão de escolhas. Todos tem o direito de seguir a sua própria tríade de intenções; liberdade, felicidade e expansão a sua moda. Assim tudo está bem no meu mundo.