Arquivo de outubro de 2014

Eu e o ego…

- domingo, 26 de outubro de 2014

ego espelho Quem sou eu e o que é o ego? Eu sou pura energia e informação viva e eterna de tudo. O ego é apenas mais uma individualização minha, é a mesma energia e informação em ação, porém limitado a linha de ponta do pensamento em determinados momentos. Eu sou indefinido como tudo o que existe, quem define tudo é o próprio ego limitado, para que eu mesmo experimente agora, a ação física dessa minha própria individualização; livre, feliz e expansiva, de várias formas e muitos aspectos. No inicio de cada momento só existia energia e informação, o ego foi criado pelas repetições de ações físicas dessa individualização agora, criada por esse cérebro físico criado por mim, que dão todos os sentidos a sua própria vida.

O ego é apenas uma identificação com pensamentos repetidos muitas e muitas vezes por essa individualização, e que ainda foram envolvidos com fortes emoções que formaram as suas muitas crenças dominantes, que mantém esse ego vivo, ainda nessa experiência física. E são essas mesmas crenças quem definem o ego, definem a individualização que é livre para; ser ter ou fazer o que ela mesma escolher. Como toda e qualquer individualização só pode incluir mais pelo seu foco, pela sua atenção ao contraste, ao objeto de desejo ou a falta do próprio desejo, que é na verdade apenas mais; liberdade, felicidade e a expansão em ação em cada objeto de desejo, sou eu mesmo quem crio a minha realidade. Essa é a liberdade total que existe.

O ego criou a física Quântica para definir quem ele mesmo é. Pura energia e informação viva que cria mundos. Então, o ego, o observador pensa, colapsa a função de onda, os átomos que são pura energia do todo, se agrupam em diferentes frequências e vibrações, para darem a densidade necessária para darem a forma física, essa formação do objeto de desejo do ego, agora nesse mundo físico, nessa realidade momentânea da vida. Portanto a minha realidade é apenas fruto das minhas próprias crenças que eu mesmo crio agora. O ego é aquilo que ele mesmo quer ser agora…

E como diz Bashar… Acostume-se à idéia de que não há realidade, a não ser a realidade que você define de acordo com suas próprias crenças. Acostume-se à idéia de que não há realidade, a não ser o que você define que seja a sua realidade. Acostume-se à idéia de que não há “realidade básica” que seja “mais real” do que qualquer outra realidade. Acostume-se à idéia de que não há uma “realidade básica” que possa servir de comparação para você poder avaliar e julgar o quanto é “real” essa sua nova crença….

A verdade de fato é que não há uma “realidade inerente”. Existem apenas as realidades geradas por qualquer crença e todas elas são igualmente válidas, igualmente reais. Acostume-se à idéia de que não há uma única definição de realidade que seja mais real ou válida do que qualquer outra definição. Existem apenas as realidades geradas por qualquer crença e todas elas são igualmente válidas, igualmente reais…

Adoro ganhar presentes em dinheiro XII

- sábado, 25 de outubro de 2014

Praia A historia de hoje é a de um grande amigo (foto) que eu fiz em Recife. Eu o conheci montando a Mídia Praia, quando eu vendi a empresa, eu o ajudei junto com sua esposa, agora ex, a montarem uma cooperativa de barraqueiros de praia. Esse meu amigo morava na beira de um canal perto do viaduto Tancredo Neves. Ele tinha uma casa bem humilde, uma moto e sua barraca de praia de onde ele ganhava seu dinheiro. Eu muitas vezes emprestava meu carro para a esposa dele poder comprar as coisas mais baratas no CEASA, e assim nasceu a idéia da cooperativa, deles poderem comprar tudo mais barato e ainda terem um deposito no Holiday em Boa Viagem.

Depois de tudo montado, os egos incharam, todo mundo com ciúme desse meu amigo que acabou desfazendo a cooperativa e ficando com o deposito de bebidas para ele e sua esposa. Durante alguns anos eu acompanhei de perto a vida deles, eu nunca conversei muito sobre minha filosofia de vida, mas ele via os meus exemplos de vida prazerosa. Eu vivia na praia, e dizia para ele, vou trocar de carro esse ano, ele me dizia, mas seu carro é novo, só tem dois anos, eu falava e ria, mas esse vai ser mais novo ainda, eu adoro cheiro de novo, vamos tomar banho de açude em Lagoa de Itaenga em breve, ele e a família dele é de lá. E no final de mês, lá estava eu com meu carro novo na casa da mãe dele que sempre fazia um bode especial para a nossa chegada.

Eu falava com ele que ia montar uma coisa ou um negócio. Ele me perguntava, como? Eu dizia, cara não tem nada que a alegria não traga. E logo depois já estava montado. Eu dizia vou comprar um apto novo, agora com piscina e dias depois lá estava ele tomando uma comigo na beira da piscina. Só em me ver como um exemplo de vida feliz. Ele veio mudando a sua vida sozinho e constantemente, e sem saber nada sobre a Lei da Atração. Apenas com a sua própria alegria, hoje ele se permite tudo. É o único barraqueiro de praia que eu conheço que de alguns anos para cá em todo aniversário seu e do seu filho, mata um boi inteiro para a festa, é esse meu amigo. Hoje ele está separado, comprou a casa do lado da sua e ampliou, o local onde ele mora foi muito valorizado, porque montaram um hipermercado Carrefour e uma grande concessionária da Fiat, bem do lado da casa dele, ele hoje tem a sua moto zero, e um carro novinho já 2015, e o seu deposito cresceu muito, tanto que ele já vem criando gado de engorda no interior com o seu tio já há alguns anos. Tudo tendo como base a sua própria alegria. Esses dias ele veio me convidar para inaugurar o seu carro novo na estrada, já que ele mesmo, nem carteira para carro ainda tem, ele só é habilitado para moto. E assim a vida nos tem dado muitos presentes em dinheiro para continuarmos a nos encontrar e comemorar muito, em como é bom viver se divertindo muito…

Conectado com a Fonte de Bem Estar…

- sábado, 25 de outubro de 2014

entusiasmo 2 Eu só sei que eu estou conectado com a Fonte, quando tudo o que eu foco, tudo aquilo que eu dou a minha poderosa atenção me trás mais alegria. A vida é uma grande diversão, apenas o ego resistente ao fluxo natural de energia e informação da Fonte de Bem Estar, é o que faz a vida ser um grande esforço, um trabalho constante. Eu só tenho que me apossar de uma ideia qualquer e joga-la para fora, apenas para o meu próprio prazer pessoal, e ainda continuar esperando que tudo seja sempre muito mais alegre e divertido do que já é…

Isso que o ego chama de corpo físico, apenas é mais um mecanismo de foco. E é esse mesmo foco, o que faz com que tudo seja sempre mais, eu gostando ou não do que eu mesmo foco agora. Tudo é energia e informação em forma de infinitos contrastes, e todo contraste é um objeto de desejo, ou eu foco em um objeto de desejo ou eu foco na falta desse mesmo objeto de desejo, sentindo cada vez mais a falta desse mesmo desejo, fazendo isso ser eternamente mais… Essa é a verdadeira liberdade, eu só posso incluir mais, sou livre para incluir mais do que eu quero ou até mais do que eu sei que não quero. No fluxo do Bem Estar eu permito tudo ser mais me sentindo bem. Resistindo esse mesmo alinhamento eu me sinto mal, permitindo que tudo que não quero seja sempre mais também…

Adoro ganhar presentes em dinheiro XI

- sexta-feira, 24 de outubro de 2014

costa-mediterranea A historia de hoje será a de uma das muitas amigas professoras que começaram a gostar de mim me odiando. E como sempre, ela também não gostava muito de mim. Eu sei que era eu mesmo quem criava essa reação na maioria dos professores, e sabia também as duas razões disso: Primeiro eu era muito rebelde, nunca gostei de repetir coisas e nem de estudar algo que não me estimulasse muito naquele exato momento. A segunda é que tanto os religiosos como os professores, todos eles aprenderam apenas a repetir, repetir e repetir coisas, para que isso fosse a crença dominante neles, a maioria não usa muito a emoção positiva, as religiões que criaram as escolas sempre trabalharam em cima dos medos, as escolas não poderiam ser diferentes. E assim, eu não tinha saco e nem tempo para ficar repetindo coisas para eles mesmos começarem a criar suas novas crenças e deixar de lado as velhas crenças resistentes ao fluxo natural de Bem Estar.

Tentando me convencer que eu estava errado essa minha amiga me acompanhou desde o inicio do Orkut. E de tanto ler minhas ideias, foi relembrando como é bom ser muito mais feliz do que ter razão. Isso é uma coisa muito difícil para quem foi doutrinado a dar valor muito mais no lado racional, no lado esquerdo do cérebro, do que nas emoções. E quando eu vejo uma pessoa assim, fazer esse esforço absurdo em tentar mudar, como cooperativo da Lei da Atração eu tenho que lhe dar o que ela está pedindo. No começo é uma guerra, afinal competir é o lema das escolas, quem é o melhor? Como eu não estava nem ai para nada que não fosse a minha alegria, ela ficava com raiva, não tinha como competir. E assim começamos a trocar ideias em vez de tentar um mudar o outro.

A maioria dos professores ainda ganham mal e não estão satisfeitos com a sua realidade, eles desejam e tem sonhos como todo mundo, elas realmente adoram o que fazem, mas ficam perdidos não vendo o reconhecimento e nem as recompensas de que fazem parte do que eles mesmos ensinaram a vida toda aos seus alunos… Estudem muito, se esforcem e serão recompensados com uma vida melhor. E nesses desabafos, ela acabou me contando um grande sonho que ela tinha que era conhecer a Europa. Ela me contou que seu marido tinha conseguido uma vaga numa grande empreiteira, e iria trabalhar 3 anos na Europa, porque lá ninguém mais queria trabalhar como peão de obra. Ele vai e eu não vou conseguir realizar esse meu sonho, dizia ela.

Eu contei para ela algumas historias minhas de quando eu era pequeno, e como ela tinha um filho ainda pequeno, eu usei ele como uma forma dela aceitar brincar de contar uma nova historia melhorada de vida, visando mudar a vida do filho dela, já que ela mesma não acreditava poder mudar a sua. E assim ela começou a pesquisar junto com seu filho lugares especiais pelos países europeus, e os dois ficavam criando passeios imaginários por esses lugares que eles adoravam ver. Isso se tornou um hábito gostoso entre eles. O marido já estava lá, e isso estimulava ainda mais a eles inventarem seus encontros pela Europa.

Os meses se passaram até que um dia numa dessas pesquisas dos dois, eles encontraram um formulário que as pessoas que respondessem ganhariam o direito a concorrer a um cruzeiro pela Europa com tudo pago e mais dinheiro para as compras. Ela não acreditou muito não. Mas, aceitou minha opinião de que isso poderia dar mais emoção as suas historias que eles dois criavam, agora num Navio transatlântico. E nem preciso dizer que eles ganharam e passaram 10 dias, sendo 8 dias e 7 noites num Cruzeiro conhecendo a Europa e se divertindo muito. E mesmo ela ainda continuando a ser uma simples professora no Brasil. Esse foi um dos meus maiores presentes que eu ganhei em toda a minha vida… Gritamos nós três pelo Skype, todos nós estávamos muito felizes…

Adoro ganhar presentes em dinheiro X

- quinta-feira, 23 de outubro de 2014

adoro tudo isso Eu criei uma rede social Vibreleve.com há mais ou menos 4 anos e meio, e uma das coisas que mais agradou a todo mundo que começou a brincar foi o “app” ATTRACTION, um aplicativo que é um jogo capaz de mudar a vida financeira de qualquer pessoa que entenda que a felicidade, a sua vibração em lidar com o tema prosperidade é o que dita a sua realidade, essa que você mesmo vive agora. O Universo não quer saber se isso é uma coisa imaginada, observada ou vivida agora. Ele lhe retorna com mais disso que você mesmo vibra agora. E como só existe uma coisa na vida. Energia e informação de Bem Estar. Tudo mais é ausência ou falta dessa mesma energia. Ou você se sente bem e atrai o que quer, ou você se sente mal e afasta o que mais quer.

Esse jogo foi idealizado pelos Abraham para nos ajudar a mudar nossa vida financeira, para que todos possam voltar a prosperidade e abundância que é a vida. E parar de ficar criando a falta a escassez que apenas é a ausência do que se quer. E isso é uma coisa que é muito fácil de mudar, basta você mesmo estar disposto a voltar a ser feliz antes mesmo de ter tudo aquilo que mais quer. e assim permitir que tudo isso venha até você, ai e agora. Uma das coisas que qualquer um que brinca com esse jogo passa a perceber e até conceber é que, quando alguém recebe o que quer e mesmo que seja uma pessoa estranha, se você se alegra com o que ele realizou, o Universo entende isso, essa sua alegria como um pedido seu… MANDA MAIS DISSO PARA MIM TAMBÉM… E ELE MANDA! SEMPRE!

Eu mesmo vivo ganhando presentes em dinheiro, mesmo com minha rede social ter passado anos sem faturar nada em dinheiro. Tudo por causa da minha alegria em poder compartilhar a alegria de pessoas que vem me contar suas realizações brincando no Attraction, e não são poucas pessoas, são muitas mesmo, e assim todos os dias eu tenho muitos relatos chegando de pessoas que de alguma forma realizaram seus desejos brincando de ser feliz em voltar a pensar mais na sua própria prosperidade e na sua abundância que é a própria vida. E assim mais presentes em dinheiro chegam de infinitas formas em minha própria vida. E as pessoas querem saber, como você vive nas praias do nordeste, e ainda troca de carros de dois em dois anos? Como você consegue sempre estar com dinheiro sobrando para viajar na hora que quer? Como você consegue estar nos melhores restaurantes de onde você está, sem trabalhar duro como todo mundo? Eu nunca te encontrei no seu escritório… Eu só tenho uma só resposta para todas essas perguntas. Eu sigo apenas a minha própria felicidade…

Como você mesmo se vê agora?

- quarta-feira, 22 de outubro de 2014

minha vida Eu fiz essa mesma pergunta para mim há alguns anos atrás, eu me via bem diferente do que me vejo hoje. E olha que eu me achava diferente de muita gente, eu me sentia melhor, mas no fundo eu agia como a maioria. Eu sentia um desconforto qualquer e tomava um analgésico, e nem queria saber, o que realmente tinha causado esse desconforto, muito menos o que eu pensava antes de aparecer esse sintoma. Para qualquer mal estar, um analgésico era a solução. E assim, de nunca parar para apenas pensar no que realmente me provocava esse mal estar ou desconforto, e assim quando eu via a coisa preta, eu já estava com uma dor muito forte ou uma doença de me tirar tudo o que eu mais gosto; minha liberdade de curtir a vida por ai, minha felicidade de poder escolher milhões de coisas para fazer e até de expandir ainda mais as minhas amizades e meus conhecimentos no dia a dia…

A mesma coisa acontecia na minha vida amorosa, só que ai eu usava a bebida, minha mulher não queria sexo, eu saia para beber com os amigos, acontecia algo que eu não gostava eu voltava para a rua e só chegava bêbado que nem um gambá. Eu vivia tendo desconfortos e mal estar no meu relacionamento amoroso. Isso quando não era nos relacionamentos de negócios. Na minha vida financeira até uns 20 anos atrás, isso era a tratado na mesma maneira. Sempre cuidando dos efeitos. Eu corria pros bancos, descontava os recebimentos em cartão de créditos, aumentando meus empréstimos, querendo sempre mais créditos, cartões sem limites e cheques cinco estrelas, e nada de pensar da onde estava vindo todo esse mal estar financeiro, ou esse desconforto econômico… Eu tinha carros novos, mas devia as prestações…

Foi quando eu resolvi me separar e vir para o nordeste, hoje eu levo uma outra vida, sei muito bem que tudo é apenas energia e informação dando formas aos meus próprios pensamentos que eu mais foco e dou mais atenção no meu dia a dia. Assim eu decidi mudar tudo. Só penso ou só ligo para meus filhos quando estou me sentindo bem. Só faço qualquer coisa depois de estar muito feliz antes. Tenho meus carros todos quitados, sem dividas ou empréstimos, só uso meu cartão de crédito para ganhar milhagens e viajar mais… Tenho minha rede social Vibreleve.com crescendo sempre, a minha ONG maravilhosa, meus aplicativos me dando sempre mais dinheiro, Deito e coloco minha cabeça no travesseiro sem ter nenhuma preocupação, aprecio muito tudo que eu tenho e vivo sempre desejando mais e expandindo sempre mais a minha própria consciência, adoro tudo que tenho e estou sempre ávido por mais…

“Attraction” o jogo da prosperidade…

- quarta-feira, 22 de outubro de 2014

app attraction Use sempre esse processo:
*Quando quiser expandir sua capacidade de imaginar.
*Quando quiser acrescentar clareza ou especificidade ao seu desejo.
*Quando quiser aumentar o fluxo de dinheiro na sua experiência.
*Quando quiser aumentar o fluxo de abundância em relação a várias coisas. Nesse processo, você vai começar abrindo uma conta bancária imaginária. Depois vai fazer depósitos e controlar retiradas, como numa conta de verdade.

Você pode escolher pagar em; dinheiro, cheques ou cartão de créditos, em um programa de computador. O importante é tornar esse processo o mais real possível. No primeiro dia, será depositado mil reais. E gaste tudo. Pode gastar o dinheiro todo em um único lugar, com um só cheque, ou em vários lugares, com cheques diferentes. O objetivo do jogo é se divertir, imaginando o que gostaria de comprar, e ter prazer no processo de realmente preencher os cheques.

Nós o incentivamos a fazer o possível para gastar tudo no mesmo dia, pois no dia seguinte você fará outro depósito maravilhoso…
No segundo dia, deposite dois mil reais.
No terceiro dia, deposite três mil reais e, no quarto, quatro mil.
No quinquagésimo dia, deposite 50 mil reais, e assim por diante.

Se você jogar todos os dias durante um ano, terá depositado e gastado mais de 66 milhões. Ao jogar durante semanas, você começará a se concentrar realmente para gastar aquela quantia. Com isso, sua capacidade de imaginar se expandirá extraordinariamente. A maioria dos nossos amigos físicos exercita pouco a imaginação e oferece vibrações exclusivamente em resposta ao que estão observando. Com esse jogo, você vai ter novas idéias e, com o tempo, sentirá a expansão de seus desejos e expectativas.

Dessa forma, vai se beneficiar mudando seu ponto de atração. Concentrando sua atenção nas maravilhosas idéias que esse jogo faz surgir em você, o Universo responde às vibrações de seus pensamentos. O Universo não faz distinção entre a vibração que você oferece em resposta ao que vive e a que oferece em resposta ao que imagina. Assim, o Jogo da Prosperidade é uma ferramenta para mudar seu ponto de atração vibrátil.

Você pode jogar por pouco tempo ou durante um ano ou mais. O que escolher, está bem. Pode achar esquisito no início, mas, quanto mais jogar, mais vasta se tornará sua imaginação, e, consequentemente, seu ponto de atração irá mudar. Ao gastar toda essa grana, você terá feito uma afirmação de desejo no estado de permissão. Sua situação finaceira vai melhorar e todas as coisas em que se concentrou com prazer começarão a fluir na sua experiência.

Você pode começar o jogo, parar, jogar como quiser. Não há regras. Apenas jogue. Por quanto tempo quiser. O importante é: faça o máximo para exercitar sua imaginação. Se você fosse um escultor iniciante, iria moldando a peça aos poucos, procurando acertar, refazendo, consertando as falhas, aperfeiçoando o trabalho. Mas quando se trata da criação que se molda com a Energia que cria mundos, a maioria de vocês não faz um esforço consciente para dirigir o pensamento. É como se houvesse outra pessoa trabalhando a argila e vocês passassem a vida falando do resultado. “Isso não ficou muito bom. Meus pais deviam ter feito de maneira diferente”, ou “A economia não devia estar assim”, ou “Não gosto das ações deste governo”.

Queremos lhe dizer: Ponha as mãos na sua argila!! Atraia Energia com o poder do seu desejo e molde-a com o poder da sua imaginação. Jogar com prazer o Jogo da Prosperidade vai melhorar sua situação financeira e todos os aspectos da sua vida. Vai ajudá-lo a ativar mais vibrações relativas a coisas que deseja e a se concentrar de maneira a permitir que essas coisas fluam em sua experiência. Prometemos que as manifestações vão começar a chegar em resposta à mudança em sua vibração.

Para começar a jogar basta entrar na rede social Vibreleve.com e iniciar o app “ATTRACTION”.
Esse jogo foi montado com base no livro “Peça e Será Atendido”, de Esther e Jerry Hicks.

Adoro ganhar presentes em dinheiro IX

- quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Pipa Outdoor de praiaQuando cheguei no Recife, ainda tinha o Recifolia na av. Boa Viagem, eu fui morar numa das muitas pousadas que ainda existiam no bairro, a pousada 81, ficava na rua Navegantes, a primeira rua paralela a orla. Conheci muitas pessoas que faziam o Recifolia que são meus amigos até hoje. Um deles que ainda faz parte dos meus amigos aqui do Face, era um dos sócios do bloco do Turista. Eles eram bem organizados, faziam previas com bandas, divulgavam em outdoors, revistas, rádios e TV, mas o forte mesmo que era a praia cheia nos finais de semana, a prefeitura não permitia nada de publicidade na areia, apenas panfletagem que sujava a orla.

pipa outdoor praia 2 Eu conversei com esse meu amigo e dei a ideia de fazer uma pipa gigante de 9 metros quadrados que seria um outdoors de praia, e ninguém poderia deixar de ver uma pipa gigante passeando pela orla num dos trechos mais frequentados que era o da pracinha de Boa Viagem até a padaria Boa Viagem. Fizemos e foi um sucesso, tanto que mais blocos me procuraram para fazer suas pipas gigantes com suas logos. Eu cobrava a confecção, mais o trabalho de contratar as pessoas para empinar todos os dias, e ainda guardar essas pipas que na época não desmontavam, eram todas feitas de varas de bambu inteiras, eu guardava na varanda da pousada onde morava. A maioria queria me pagar uma parte com abadas. Ou na semana do Recifolia.

Eu recebia uma parte em dinheiro e muitos abadas, e transformava tudo isso em meus presentes em dinheiro, não só para brincar e ficar na praia a maior parte do meu tempo em Recife. Quando passava esse carnaval fora de época as imobiliárias me procuravam para eu continuara a fazer isso, agora com a publicidade de seus empreendimentos, e mais presentes em dinheiro eu ganhava para ficar tomando minhas cervejas na praia com esse sol maravilhoso e ainda apreciando as muitas mulheres lindas e maravilhosas, passeando o tempo todo pela orla mais linda do nordeste que é Boa Viagem….

Adoro ganhar presentes em dinheiro VIII

- terça-feira, 21 de outubro de 2014

abridor de sachês Eu estava sentado na praia, e um antigo amigo resistente ao fluxo de Bem Estar, que vivia reclamando da vida, estava mais uma vez reclamando do PT em Recife, dizendo que eles querem tomar conta de tudo, como se tudo fosse deles, eles não permitem nada que não seja idealizado por grupinhos deles. Eu coloquei o fone de ouvido e deixei eles despejar todos os seus reclames até que ele se cansou e disse. Você não esteve ouvindo nada do que eu disse… Eu rindo disse, de novo? Suas paranoias são velhas companheiras suas, para rimar com os companheiros do seu amado Lula, e voltei a sorrir…

Eles me disse que eu estava sorrindo porque eu não dependia da política. Eu confirmei e perguntei, porque você não faz o mesmo? Ele disse, eu não posso e estou sendo prejudicado por essa gangue que assumiu o poder. Eu mais uma vez ri muito e passei a tomar conta da conversa. Olha só! A menina do cachorro quente, a do salgadinhos e também, todos os vendedores de alguma coisa que use; maionese, mostarda e ketchup, estão reclamando que foram proibidos por uma lei do PT, onde ninguém mais, vai poder usar bombonas desses produtos, não só na praia, mas em todos os lugares de lanches da cidade do Recife. Isso pode ser ruim para muitos e muito bom para outros. Quem vende sachês vai se dar bem.

só sachês Ele disse, isso só vai dar grana para os grandes, para quem fabrica sachês ou as distribuidoras que já dominam o mercado. Eu mais uma vez sorri muito e perguntei… E se eu ganhar muito dinheiro com isso, você quer apostar algo comigo? Ele agora riu muito, e disse que sim, se eu ganhasse dinheiro com isso, ele me daria uma caixa de Bala 18 anos, que ele sabe que eu gosto muito. Eu disse que preferiria ganhar o valor disso em dinheiro. Ele riu e topou. Eu ali mesmo já comecei a pensar. E marcamos um prazo de 15 dias para eu ou ele pagar a aposta.

Na semana seguinte eu nem deixei ele sentar, já fui logo mostrando o protótipo de um abridor de sachês, e fui logo falando, as crianças e os adultos, abrem os sachês com os dentes, o que é ruim para os dentes e também é falta de higiene. Já peguei até um parecer técnico de alguns profissionais e até da entidade nacional dos dentistas. Eles adoraram minha idéia, e uma fabrica do Rio de Janeiro topou entrar comigo no negócio, criar o primeiro abridor de sachês. E tem mais, pesquisei o mercado, só as grandes distribuidoras vendem os sachês, e não é algo forte na venda deles, é apenas um complemento, já estou estudando abrir uma distribuidora só de sachês, para todo o grande Recife. Com a “Só Sachês”… Terei o melhor preço, por comprar caminhões fechados, e terei todos os tipos de sachês; de shoyo, de azeite, molhos especiais, de açucar e de tudo mais para atender até todos os restaurantes e hotéis. Ele não teve outra opção a não ser me pagar a aposta e depois de alguns meses me comprar o negócio, que eu só havia montado por causa da indignação dele sentado na praia, reclamando da vida em vez de ganhar presentes em dinheiro do Universo…

Adoro ganhar presentes em dinheiro VII

- segunda-feira, 20 de outubro de 2014

discovery 2015 de frente Eu fui comprar um carro novo e nesse modelo que eu queria não vinha com um som que eu gosto, até os auto falantes instalados eram bem fraquinhos, e ouvir um ColdPlay sem aquela batida gostosa eu prefiro não ouvir, e além do mais eu não queria usar o som do carro que eu ia dar na negociação, queria um som novo para meu carro novo, esse era o meu desejo. Dei um sinal para fazer o pedido, e como a cor que eu queria iria levar 15 dias para chegar no Recife. Liguei e marquei de lá mesmo para o mesmo dia que eu iria entregar o meu carro e apanhar o novo, para que a equipadora que eu conheço poder colocar um som decente que ela sabe que me agradaria e saber o preço do equipamento e instalação.

Durante esses dias, tudo ocorreu normalmente, eu ia para a praia, me divertia e tudo bem, na semana que a menina da concessionária me ligou avisando que saiu a nota fiscal do carro para transferir o seguro, eu cheguei em casa e tinha chegado umas contas para pagar por causa dos correios que tinha entrado em greve. Como iria vencer no mesmo dia eu decidi ir na lotérica, a menina fez o pagamento e perguntou se eu queria jogar com o troco, eu mandei fazer alguns jogos e coloquei na minha mochila e fui embora, isso era numa terça feira, na quinta feira eu fui pagar mais uma conta que chegou também atrasada e mandei conferir o jogo que eu havia feito, e a menina sorriu e disse, paragens o senhor ganhou na quadra da mega sena. E eu fui ver o valor, e comemorei muito, deu para pagar o meu som novo e ainda sobrou para o final de semana nas praias de João Pessoa. Adoro ganhar presentes em dinheiro do Universo…