Eu sou sempre novo agora…

27 de julho de 2014 por
Publicidade

onu_direitos_humanos-1 Nunca importa a idade que eu tenha, as coisas que já fiz na vida, o meio em que vivo agora, o lugar onde estou agora, eu jamais preciso nem mesmo esperar voltar de Salvador para o Recife para realizar meus desejos. Tudo é aqui e agora. Tudo é a minha própria viagem emocional em que eu mesmo me levo ao meu próprio vórtice criativo, onde eu posso tudo, onde sempre está o meu poder. AGORA!

A única coisa que pode me manter fora do meu próprio vórtice é a minha procrastinação, ou eu ficar pensando em o que eu tenho que fazer quando voltar ou ter me arrependido de vir passear nessa terra maravilhosa. Essa luta interna que sempre fazemos para deixar tudo para esse depois que nunca chega. Eu estou sempre no meu agora, no meu ponto de maior poder.

Eu pensei muito nisso ao ouvir das pessoas sempre uma desculpa para nunca assumir o seu agora. Todas as pessoas que eu encontrei em Salvador tinham lido meu post sobre o Roberto Vascon, todos se emocionaram muito, é uma historia muito forte porque é a vida dele contada por ele mesmo, ali ele mostra que sua conversa com seu “eu interior” ou “Deus” para a maioria, é agora, nunca depois, ele mostra que a sua conversa com o que fazia, as bolsas, se sentindo bem era sempre no agora e nunca amanhã.

Mas, as pessoas sempre dizem… Ah! Mas, isso ele estava numa terra em que as coisas, os sonhos acontecem, ele estava nos EUA, ele também conheceu gente importante como Cazuza, a editora de moda do maior jornal do mundo. Eu estou aqui em Salvador. Ai eu digo para essas pessoas… É só você parar de aceitar ir para um abrigo e conversar mais com você mesmo, sua parte maior, seu eu interior agora. Vocês aceitam ir pro abrigo na menor dor de barriga, quando; ficam orando por um Deus fora de você, quando esperam alguma coisa acontecer, como mudar de presidente, muitos aceitam um emprego qualquer para sobreviver igualzinho as pessoas que aceitam o bolsa família para continuar nessa vidinha…

Quem faz o que Vascon fez? Dialogo dele… Eu fui convidado para essa festa, quem dá festa provem tudo do bom e do melhor, eu não quero ficar aqui comendo restos, eu quero comer bolo e tomar champangne e dançar muito ou me tira dessa festa. Ele tomou a decisão e deixou o Universo se desdobrar para realizar o desejo dele. E aceitou a informação que veio na sua mente sem nenhuma; frescura, preguiça ou racionalização. Ele simplesmente fez o que Nikola Tesla fazia quando vinha projetos inteiros em sua cabeça que ele mesmo nunca tinha feito aquilo, e foi e fez… Então faça você também… Você é sempre novo agora…


  • Cássia Cristina

    Texto maravilhoso !Billy há 3 dias atrás me veio um forte desejo de cursar faculdade de psicologia,sou formada em Ciências Contábeis há 16 anos,tentei gostar da minha profissão,mas não consegui.Penso em começar tudo de novo e fazer o que realmente gosto,mas tem o lado financeiro,como pagar a faculdade?

  • Eduardo Billy

    Essa sua atitude de querer saber como pagar sua facul é aceitar um abrigo… Quem aceita ir para um abrigo nunca sai da mesmisse…

  • Cássia Cristina

    Estou aprendendo Billy…

  • Brasil Aninha

    Oi Billy, olha que legal:
    http://portugalmundial.com/2012/12/nasa-investiga-portais/
    abraço,
    Ana