Porque todas as religiões se baseiam em crenças negativas?

12 de julho de 2014 por
Publicidade

Estrutura negativa Para quem sabe ler um pingo é letra. O ego precisava arrumar algo para se proteger do medo, nada melhor do que fazer todo mundo a sua volta ficar com a sua energia mais densa, se mexendo pouco, os humanos eram nômades, então quem mexeu com o nosso DNA, espalhou em todos os cantos do mundo, a mesma ideia de religião de adorar um Deus fora de si, no inicio todas conseguiam dominar os povos pelas guerras santas que travavam para montar seus grupinhos protegidos por Deus ou Budas. Depois que a consciência se expandiu, e a maioria já não queria mais as guerras, as religiões teriam de criar algo que os manterem ainda presos, mas, agora sem as suas correntes e sem grades, elas teriam apenas uma ilusão de liberdade, então primeiro elas criaram o trabalho, tomaram as terras das pessoas e as fizeram terem a necessidade de ir para as cidades trabalharem por dinheiro para sustentar sua sobrevivência. Novamente a consciência nunca deixa de se expandir, as pessoas começaram a pensar novamente em liberdade e felicidade. Então, todas as religiões criaram suas escolas que fazem as pessoas, pensarem em tudo tendo como base sua estrutura negativa, e assim cada vez mais as pessoas foram ficando mais resistentes ao fluxo de energia e informação de puro Bem Estar, que é ininterrupto e simultâneo, vindo e voltando ao Vácuo Quântico, expandindo essa grande Onda de energia consciente.


  • Ana

    É isso mesmo, Billy, há sempre uma estrutura macabra por trás tentando dominar a humanidade, mas agora é tarde, a intensidade de luz que nos ronda é superior às trevas e à qualquer tentativa mais encorpada de qualquer grupo humano de se manter o atual status quo, de manipulação e domínio, seja das guerras, das religiões, ideologias políticas ou instituições. A humanidade terá que aprender a amar e a entrar no fluxo transcendente e irrevogável de bem estar, luz e cooperação, ou literalmente sucumbirá ao poder alquímico da luz ( fótons queimam e trucidam mesmo aqueles egos mais ridículos e resistentes) e à nova alvorada aquariana. Ah, e claro que não me importei com o fato de vc não ter acolhido uma sugestão minha de dar uma olhada nos vídeos do programa vida inteligente – isso seria puro ego – mas tenho certeza que há algo lindo a se aproveitar lá também, a despeito de vc não ter gostado de uma ou outra colocação do cara. Também seria válido dizer: ué, Billy the Kid, cadê a sua flexibilidade? Mas, does not matter, imagina se eu fosse ficar amuadinha por tão pouco e ainda mais com um guerreiro da luz como vc, que, ao seu modo peculiar e engraçado, ( eu pelo menos morro de rir com alguns textos) está tentando ajudar os humanos a acordarem e a aprenderem a entrar no grande fluxo quântico que está sempre nos amando de volta…E eu respeito isso.

    Tin Tin! Um brinde ao rei da alegria, que carrega um rei no próprio nome…

    Abraço,

    Ana

    https://www.youtube.com/watch?v=F1IruWGGbn4

    https://www.youtube.com/watch?v=LqPL3mVNChs