Transmutação sexual…

3 de junho de 2014 por
Publicidade

amantes Devido aos insistentes pedidos de ajuda, eu vou deixar bem claro minha filosofia de vida… Eu descobri isso sozinho, eu sempre gostei muito de sexo, e eu sentia que quando eu pensava em sexo e não podia fazer, seja me masturbando ou arrumando uma parceira, as coisas que eu pensava antes, que eu achava que eram difíceis ou fora de minha alçada, se tornavam fáceis, aparecia soluções do nada, pessoas, coisas e eventos aconteciam, me proporcionavam realizar aquele meu desejo, que até então era muito distante. Eu já estava casado e com a minha primeira filha quando li algo muito leve sobre o assunto no livro “A Lei do Triunfo” de Napoleon Hill.

Então, enquanto os meus amigos que tinham sérios problemas, até de doenças, enquanto eles paravam de pensar em sexo até resolver a situação que geralmente demorava muito a ser resolvida, eu fazia o oposto, ai é que eu pensava e fazia esse desejo fluir bem mais do que eu tinha capacidade de fazê-lo fisicamente e resolvia tudo rápido. Eu estudei isso por anos, ajudei muitos amigos membros da divisão de rapazes na ONG BSGI, a usar essa ferramenta, para se sobressaírem na sociedade, um dos casos que mais me marcou foi de uma rapaz Gay, que por mais que digam que não existe preconceito, todos os dirigentes das outras comunidades em que ele tinha passado, me chamavam e dizia, esse cara é problemático, ele dá em cima dos outros rapazes, eu ria e sempre perguntava, se você fosse Gay, daria em cima de alguma menina?

E esse foi um caso de sucesso no uso da transmutação sexual, eu nessa época estudava empresários de sucesso e os jogadores de futebol, todos que chegavam ao sucesso, todos faziam transmutação sexual sem saber, os jogadores iam para a concentração, não podiam se masturbar livremente, nem pular a cerca como Romário fazia, esse foi um dos meus maiores exemplos para minha tese. Então, perguntei a esse rapaz Gay, o que ele gostava se fazer para ganhar dinheiro? E o porque dele ainda não fazer isso? Ele tinha dificuldade financeira, se sentia mal por isso, e ainda era rejeitado em muitos ambientes por ser Gay… Eu mostrei a ele que isso poderia ser uma grande vantagem para ele ter sucesso. E assim eles foi ficando afiado em usar a transmutação, afinal naquela época era muito difícil arrumar um parceiro abertamente como hoje, e ele conseguiu o que queria, ir para Europa trabalhar no que mais gostava e que no Brasil, ninguém dava valor nem para ele, nem para seu talento, trabalhar com musica clássica.

Eu cheguei a dar palestras de graça para alguns psicólogos, e para alguns empresários, muitos achavam interessante, mas logo o assunto virava motivo de chacota, foi então que passei a cobrar para fazer esse tipo de consultoria. Antes eu pedia uma doação para a ONG que eu participava, hoje eu ainda faço, só que para a minha própria ONG Vibreleve. Mas, só faço isso para empresários ou diretores de grandes empresas que podem pagar e estão com problemas nos seu negócios, eu cobro dependendo do caso, de 15 à 30 mil reais, fora despesas de viagens e hospedagem se for preciso, e só atendo uma vez por semana, as quantias são doados a minha ONG, se ele for muito religioso ou evangélico esse valor sobe bem mais, por eu ainda ter de criar uma crença positiva na esposa primeiro, e isso é lidar com gente muito resistente, que precisa mas não quer criar novas crenças. Portanto não me peçam para lhes ensinar transmutação, façam que nem eu pesquise e vá tentando, ou me façam uma doação poupuda a minha ONG… Não estou a fim de discípulos e muito menos de seguidores… Tudo que eu escrevo é para realimentar as minhas próprias crenças ou para criar novas crenças de acordo com o que eu ache que é preciso…