A grande onda da vida…

30 de março de 2014 por
Publicidade

a onda A única onda de energia e informação de Bem Estar, que para os cientistas é o Vácuo Quântico, e que para os religiosos, mais conhecidos como; Buda, Deus ou Alá! Para os ateus, O Tudo que É. E para quem tem uma consciência mais expandida, menos presa ao ego, que acessa mais o Vácuo Quântico, mas ainda com suas crenças limitantes, já que toda crença é limitante, a Fonte da vida… Tudo isso é formado de infinitas individualizações, autoconscientes, vivas, num fluxo simultâneo, indo e vindo, ininterrupto a própria Onda de energias e informações de Bem Estar…

Para a grande Onda, tudo é neutro, tudo é vida se expandindo. Um único grão de areia é uma individualização formada por diversas outras menores individualizações, que formam o átomo, o que dá a forma a tudo que é desejado, pensado e sentido. Mas, tudo é energia e informação viva que é eterna, em eterna expansão. Quem dá o significado a cada coisa nesse planeta Terra é o ego, que não passa de uma identificação com alguns pensamentos repetidos maciçamente, que quando envolvidos com emoções, se transformam em crenças dominantes, que realimentam o próprio ego. Como tudo é criado a partir do único fluxo que é o Bem Estar, cada individualização, sempre deseja mais; liberdade, felicidade e expansão… E sendo tudo assim… Tudo se inclui e nada é excluído nessa consciência. Tudo é sempre mais… Cada coisa que não gostamos é também um desejo da Fonte, que serve apenas como mais um contraste, para sempre gerar mais vida, mais desejos que são o oposto do contraste, dando assim uma eterna expansão a vida, aos desejos…

O homem descobriu que podia fazer o fogo, usando outras individualizações, faz vidro ou tijolos com outras individualizações, todos os animais se alimentam de outras individualizações, seja ela; animal, vegetal ou mineral, em fim… Tudo é uma individualização, formada pela mesma energia e informação da mesma Fonte da vida. Tudo é apenas uma simples experiência viva da Fonte de energia e informação, apenas realizada por mais uma das suas infinitas individualizações, numa das suas infinitas formas momentâneas já criadas e das que ainda serão criadas, por todo esse emaranhado de energias e informações vivas que fazem parte do Todo. O nosso ego só consegue até agora, chegar a essa única conclusão, que somos apenas uma onde de infinitas probabilidades momentânea, criando outras ondas de infinitas possibilidades, que podem vir a se transformar em, outras ondas momentâneas de infinitas probabilidades, como tudo o que existe, até mesmo nós seres humanos… Isso é o máximo que o ego consegue explicar sobre a vida… Somos a ponta da linha do pensamento da Fonte de vida… Somos todos um fluxo de energia, mas o que faz as separações ou distingue as diferenças é a perspectiva. Você é uma perspectiva única e individual…