Porque estou sempre realizando desejos?

12 de dezembro de 2013 por
Publicidade

cia do chopp Isso é muito simples, eu estou sempre imaginando como a minha vida será melhor a cada dia, jamais perco meu tempo pensando como a maioria. E olha que eu ouço isso há anos seguidos… Vamos lá, feche os seus olhos e pense em como os seus amigos se despedem… Os meus amigos depois de um chopp na noite dizem… Eu já vou embora porque amanhã vai ser mais um dia duro, e é isso que eles sempre encontram no seu dia a dia, no seu futuro. Eu já digo sempre diferente… Eu vou dormir hoje, muito mais feliz, hoje foi um ótimo dia, adorei papear e tomar uns chopps com vocês, amanhã o sol me espera, adoro curtir o mar e criar novas coisas, adoro me divertir e ao mesmo tempo ganhar muito dinheiro, adoro ser cada vez mais livre, adoro ver que tudo está se expandindo em minha vida.

Eu adoro estar sempre mudando, ou seja, prépavimentando o meu futuro. Então, mesmo depois de um almoço gostoso que, nos deliciamos com uma galinha a gabidela maravilhosa, eu e meu amigo Don Dogo, onde falamos de nossos projetos, de nossa ONG, dos projetos futuros, finalizamos com uma Skol geladinha, ao nos despedirmos, eu sempre tento deliberar o meu depois, eu quero que tudo continue a melhorar, então eu sempre digo, tudo foi maravilhoso, mais agora eu preciso me distrair ainda mais, adoro poder estar sempre encontrando gente com alegria semelhante, e a felicidade em minha vida é uma constante, e hoje o dia vai ser farto de mais disso, minha gerente está sempre providencia mais… Eu adoro viver assim…

E então, eu sempre recebo a todo o momento, uma correspondência vibracional perfeita, para tudo o que predominantemente dou a minha atenção. Mas, eu mesmo, sempre tenho que extrair o melhor dela. Eu tenho que deliberadamente vibrar um pouco diferente de onde estou agora. E se estou indo mesmo para melhorar onde estou agora… Eu jamais posso continuar a pensar e tomar nota de como a minha empresa ainda é, ou sobre como o meu relacionamento ainda é, ou mesmo sobre como o meu corpo ainda está, sem continuar a criá-lo como ele é. Para fazer reais melhorias, eu tenho que chegar a um pensamento diferente de tudo o que já é. E eu aprendi a extrair o melhor de mim mesmo, para poder também extrair o melhor cada um, de cada coisa ou de cada evento, apenas procurando ou até criando quando ainda não os encontro, pois sei que todos eles têm, os aspectos positivos que eu tanto quero, em tudo o que dou a minha poderosa atenção. E assim eu sempre recebo o que vibro, aqui e agora.