O Universo é puro libido… Eu só preciso desejar mais…

28 de outubro de 2013 por
Publicidade

Desejos 2 E para eu mesmo continuar a chamar deliberadamente a energia da vida que, já vem nesse único fluxo ininterrupto de energia e informação de Bem Estar que cria mundos. Eu só preciso usar mais, quaisquer desculpas possíveis, para eu mesmo vibrar em mais harmonia, com todas essas coisas que eu estou dizendo que eu quero, aqui e agora.

E quando eu realmente fizer isso, todas as coisas que já são, um fluxo equivalente vibracional nessa minha experiência em abundância e prosperidade, virão para mim em sucessão. E jamais é porque eu fiz alguma coisa física para merecer todas essas coisas, e nem mesmo é porque eu as mereço, mas porque é uma consequência natural da Lei da Atração. Aquilo que é semelhante a si mesmo é desenhado. Ganha formas…

Então, a gerente Universal, reúne os átomos que é preciso que, diminuem imediatamente a sua vibração, para que sejam semelhantes entre si, ganhado densidades semelhantes, para dar formas semelhantes ao meus próprios desejos, a todos os meus pensamentos colapsados em função de onda, as interferências construtivas que eu mesmo criei, só pensando e sentindo por 17 segundos que, eu mesmo as transformo em ondas de probabilidades ao eu mesmo passar 69 segundos, seguindo a alegria que nasce de cada desejo lançado por mim ao fluxo que, já me chama a cada momento, onde eu mesmo já armazenei todos esses meus desejos que, eu mesmo já tive em toda minha vida, nessa experiencia momentânea de vida, que já estão no meu vórtice criativo, de onde o meu eu interior, sempre me dá todas as coordenadas para eu chegar, a todo e qualquer momento dessa jornada emocional, de fechamento de lacunas, de onde eu estou até onde eu quero chegar.

Eu só preciso relembrar da brincadeira gostosa de “quente e frio”, onde eu me divertia muito na minha infância. Se estou no caminho do meu vórtice, meu eu interior me diz em forma de alegria; está quente, esta quente até que ele diga, está pegando fogo, ao eu mesmo chegar a apreciar a beleza da vida. Ou ele me vendo apenas resistindo a seguir a alegria, me dizer em formas de: desconforto ou mal estar; está frio, está frio, está congelando. Ele nem mesmo fica zangado comigo, porque ele sabe que é isso é só o que eu ego, inventei como desculpas para não ser mais feliz, aqui e agora. Um direito de minhas escolhas, já que, sou eu ego, quem está no comando, como apenas mais uma individualização da Fonte de Bem Estar.