Arquivo de setembro de 2013

Fumar faz mal?

- terça-feira, 24 de setembro de 2013

Eu adoro os Abraham, então um convidado diz: Uma coisa em que eu tenho muita resistência é parar de fumar. Já parei três vezes em um ano, pelos últimos nove anos, mas eu gosto de fumar, me sinto ambivalente a respeito disso.

Esse sou eu e meu amigo

Abraham:

É interessante por que até mesmo a sua decisão é resistente, pois você fala sobre não fazer algo. Em outras palavras, você diz “Tenho resistência em parar”. Então, vamos falar um pouco a respeito disso. Se você pudesse fumar e não sentir a resistência, o cigarro não seria nenhum dano. Não é o fumo que faz você doente, é a resistência.

A razão pela qual fumar está se tornando mais e mais prejudicial é porque as pessoas acreditam que fumar é ruim, mas elas estão fumando de qualquer forma – e qualquer coisa que você faça, que você acredite que não deva fazer, faz surgir uma extraordinária resistência. Pensamos que esse empenho que você está tendo é por que uma parte de você quer que você saiba – e queremos ajudar outros a saber – que o problema não são os cigarros.

Quando você diz “Quero parar de fumar”, dizemos “ótimo, o que você quer?”. Você está dizendo “não” para o fumo, mas o que você realmente está dizendo é “não” para a doença ou “não” para a desaprovação de outras pessoas, ou “não” à possibilidade de ser banido dos restaurantes ou dos escritórios que proíbem o fumo?

Você está dizendo “não” para as desaprovações, ou “não” para o declínio da saúde? Então para o quê você está dizendo “sim”?

“Eu quero ter uma vida feliz e saudável.
Eu quero me sentir o melhor que eu puder em meu corpo.
Eu quero me harmonizar com as pessoas o Maximo que eu puder”.

Quando você começar a falar a respeito do “sim” para, o quê você vai começar a perceber é que algumas vezes o “sim” para a harmonia será muito mais forte do que o “sim” para os cigarros, ou talvez eles não estejam separados. “Talvez eu possa ter meus cigarros e ter tudo isso também”. Nós, alguns anos atrás, víamos o fumo como um benefício para as pessoas porque elas normalmente usavam o cigarro para relaxar. Era um tempo em que elas deixavam o que estavam fazendo, iam para um lugar específico para fumar, relaxavam, respiravam profundamente enquanto estavam fumando.

Você não vê as pessoas como se estivessem sendo tragadas pelo cigarro?
Você não vê nenhum relaxamento ou prazer no fluxo de energia que flui através deles. Você pode vê-las usando o cigarro como uma forma de liberar a resistência? E se você pudesse aproveitar cada cigarro que você fuma, não dizendo “ao inferno com vocês que pensam que eu tenho que ir para a área de fumantes…” – em outras palavras, quando você resiste às leis, como resiste à respeito de qualquer coisa que não gosta – isso é resistência.

Jerry falou sobre os buracos em suas roupas que ele estava deixando de lado, e sobre as manchas em seus dedos que ele estava deixando de lado, e mesmo que você resista àquelas coisas, você não permite o Bem-Estar. Assim, o que encorajamos você a fazer é, melhor do que dizer “Eu quero parar de fumar”, encorajamos você a começar a dizer: “Eu quero permitir o fluxo de energia. O que eu realmente quero é encontrar um jeito de deixar minha energia fluir – eu gostaria de ter meu fluxo de energia e de fumar também. Eu gostaria de ser capaz de fumar e de ter o fluxo de energia através de mim ao mesmo tempo.”

Os defensores do anti-tabagismo não ficarão felizes em nos escutar, mas eles estão errados.
Eles não entendem. Não é uma doença que mata você. Não é o cigarro que mata você. Não é a doença que faz você infeliz; é a resistência. Em outras palavras, vocês têm estado mal informados. Se você acredita, como acreditamos, que fumar não é inerentemente ruim para sua saúde, você desejaria parar?

Convidado: Não, a única razão pela qual eu quero parar de fumar é porque as pessoas que amo se preocupam comigo por eu fumar, você entende o que quero dizer?

Abraham:

Sim, como eles amam você, eles pensam que isso é ruim para você. Eles decidiram que se você fumar, você não ficará bem. Então, você está buscando a aprovação delas fazendo o que elas querem que você faça.

A resistência que você tem não é para não fumar.
A resistência que você tem é o dever de contentar os outros.
A resistência que você tem é promover amor condicionado.

Em outras palavras, eles dizem a você: “Não posso me sentir bem a seu respeito enquanto você fumar. Receio que você vá morrer. Não posso permitir a energia pura, positiva fluindo através de mim enquanto você estiver fumando. Você precisa mudar o que você está fazendo de forma a fazer-me sentir bem”. E sua resistência é aquela parte de seu ser não físico que sabe que não é seu problema mudar seu comportamento para que eles se sintam melhores.

Você não pode mudar seu comportamento o bastante para que eles se sintam bem. Você pára de fumar; e eles irão querer que você perca peso, e você perde peso; e eles quererão que você se vista melhor e, quando você se vestir melhor, eles quererão que você compre um tipo diferente de carro; e eles quererão que você viaje para o estado onde eles moram; e você então viajará até o estado onde eles moram; e eles quererão que você deixe seu cabelo crescer; e eles quererão que você corte o cabelo; e eles quererão que você pinte os cabelos; e quererão que você aja de acordo com sua idade; e quando eles quiserem que você…

Em outras palavras, você não pode torturar sua cabeça o bastante de diferentes maneiras para fazer pessoas desconectadas se sentirem felizes, porque o que você está fazendo não é o que está chateando-os. É a própria não permissão deles em relação à energia. E brincar disso, de torturar sua cabeça com esse mito a respeito do amor condicional, você sabe…

Então, o que você diz para aquelas pessoas que amam você, que dizem “Eu não quero você fumando porque eu não quero que você fique doente”? Diga a elas, do alto de sua sabedoria: “Ei, eu estou forte e bem. Tudo está bem aqui. Na realidade, esse cigarro me conforta. É capaz de eu morrer de um enfarte quando eu parar de fumar do que agora que estou fumando. Se eu parar de fumar agora essa possibilidade vai se agravar”.

Abraham

O ego inchado é muito engraçado mesmo…

- terça-feira, 24 de setembro de 2013

mulher-olhando-espelho- Mas eu não o deixo de apreciar isso também… E o que é, o meu próprio ego inchado? É quando o meu ego não deixa o meu “eu interior” voltar a me chamar, para o meu próprio vórtice criativo, ou quando o meu ego também não me deixa mais, saber e sentir o que é um pequeno mal estar, ou um desconforto qualquer. O que seria resolvido imediatamente, se o ego apenas procurasse por um pequeno, mas poderoso “alivio”. O ego inchado detesta um alivio… Ele sabe que perde a sua energia, com o chamado do meu eu interior que, volta a me fazer feliz com qualquer coisa e não só por ele, o ego, que tenta voltar a ser o cara, o dono das paradas…

Eu até posso não perceber que, quando estou reclamando sobre alguém, ou até por um contraste qualquer, uma coisa que eu não gosto e nem quero experimentar agora que, isso sejá apenas um jogo vibracional divertido que é, e só serve para eu mesmo, encontrar a solução, essa alegria que nasce de cada desejo que já nasceu desse mesmo encontro. Quando eu estou vivendo um problema agora, eu estou também perguntando pela solução, e a Fonte de energia e informação de Bem Estar, o Vácuo Quântico, já me respondeu imediatamente.

E sendo assim, nunca há e, jamais existiu uma só razão, para eu mesmo ainda estar focado, dando toda a minha atenção, ou gastando toda essa minha preciosa energia, em torno de um problema, por mais de um segundo… E eu estou ficando muito bom nisso. Antes mesmo de eu estar ciente de que, o problema já começou a se manifestar, o que levaria 17 segundos de foco sobre ele, ao sentir um mal estar, ou um pequeno desconforto que isso trás no bojo, eu mesmo, já tenho a solução em andamento. O meu “Eu Interior” é phoda mesmo, véio!!!

Apreciando o meu ego…

- terça-feira, 24 de setembro de 2013

Escala emocional Sou muito grato pelo meu ego, sem ele eu jamais poderia existir nessa forma física. O Eduardo Billy é, apenas o contraste do meu próprio “Eu Interior”. Ele é o meu distanciamento de quem eu realmente sou… A Consciência Infinita que eu ainda sou, mesmo nesse corpo físico, que uns vão amar outros odiar, mas nada disso tem a ver comigo, é pura questão de alinhamento de cada ego, de cada individualização de escolhas. O meu eu interior jamais poderia experimentar a vida; por todos os ângulos, por todas as perspectivas e por todas as formas sem o ego, porque meu eu interior é puro Bem Estar que é, a soma de tudo isso; amor, apreciação, liberdade, poder, conhecimento e alegria, ao mesmo tempo.

O meu ego nasce na paixão por essa vida física, e meu ego tem infinitas possibilidades de viajar emocionalmente, criando infinitas ondas de probabilidades, sentindo todas as nuances da falta do Bem Estar. O meu eu interior criou um vórtice criativo para me manter sentindo todas essas realidades paralelas sem precisar voltar tão rápido ao fluxo de Bem Estar, Ele fica o tempo todo, sempre me chamando de lá, do meu vórtice criativo, para eu mesmo como ser físico, poder me divertir de ir e vir ao Vácuo Quântico, quantas vezes eu quiser, apreciando tudo isso. E assim eu tenho sempre o meu vórtice ativado, enquanto eu estiver brincando de sentir; paixão, entusiasmo, vivacidade, felicidade, expectativas positivas, fé, otimismo, esperança e até por ultimo o contentamento.

Até o contentamento eu me divirto muito, daí para frente seria eu mesmo, agora como esse ser físico, o ego, desejando, querendo muito, voltar a ser pura energia de novo, só que agora bem mais rápido, deixando o ego de vez.

Então essa é uma viagem completamente solitária, qualquer outro ego que tentar me ajudar, só aumentará isso para mim e para ele também, ainda nessa existência, porque ambos focam agora, apenas da emoção de enfadado ao “cumulo de ausência de Bem Estar” que seria; medo, tristeza, depressão, desespero e impotência. Você se quiser, pode ver todas as outras emoções limitantes, as vibrações existentes nessa tabela da foto ilustrativa dessa mesma matéria.

E posso te garantir, o meu eu interior jamais me acompanhou à esse ponto máximo de ausência de Bem Estar, mas também jamais deixou de me chamar, eu até posso não ter ouvido o chamado, por eu mesmo não procurar sentir um poderoso “alivio” nesse momento, mas ele nunca deixará de me chamar, respeitando sempre o meu próprio direito de escolhas, enquanto ego, até que essa minha escolha extrema de voltar agora, instantaneamente a ser o que eu sempre fui, pura energia e informação ao mesmo tempo do Vácuo Quântico, simplesmente se efetuar, nesse momento.

Eu sou um criador deliberado…

- segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Ressonância Jamais importa o que esteja acontecendo comigo ou a minha volta, ou até virtualmente, eu tenho condições e posso realmente encontrar a todo o momento, um pensamento deliberado que, me leve a um bom sentimento. E sempre a resposta do Universo a esse pensamento deliberado é, e será, completamente diferente, do que seria, se eu apenas fosse mais um observador reagente, como a maioria ainda é.

Basta olhar e ver os compartilhamentos na Internet, falando sobra a noticia do momento, a Coca Cola, ou até mesmo, um simples momento onde se comenta sobre uma matéria boba sobre sexo. Os meus filhos ainda pequenos, já sabiam o que é um boquete, qualquer coisa que eles ouviam e me perguntavam, eu respondia com a maior naturalidade, talvez seja por isso que nenhuma das minhas duas filhas, engravidaram ainda de menor, ou nenhum dos três, nunca tiveram problemas com as drogas, embora tivessem uma vida muito mais livre, do que a maioria, até mesmo de seus primos e primas. A Nayana mesmo, a mais velha, aos 13 anos foi ser modelo e viajou o mundo sozinha… Conheceu países da Ásia e Europa, e só foi me dar um neto com 22 anos. O que também seria mais do que obvio de se esperar, de pessoas adultas em uma comunidade, em que se supõe encontrar, com pessoas de mente bem mais aberta, falando sobre física Quântica.

Eu adoro ser cada vez mais deliberado… E sendo assim, tudo que acontece depois dessa minha própria deliberação, de encontrar razões para eu mesmo, apenas me sentir bem, ou melhor é, até de se esperar que, eu mesmo, cada vez mais, me sinta bem melhor e tudo realmente vá ficando, cada vez melhor ao redor da minha vida.

E sendo assim, tudo fica mesmo, bem mais fácil, simplesmente para eu mesmo alcançar, cada vez mais pensamentos que me farão com toda a certeza, encontrar mais e mais pensamentos que, me farão permanecer me sentindo ainda melhor, porque eu mesmo estou cada vez mais, melhorando as plataformas de me sentir melhor, a todo o momento. A Lei da atração me garante isso, semelhante atrai semelhante.

Então, eu mesmo deixei de ser um mero observador reagente, uma pessoa que ainda precisa estar em um ambiente especifico, protegido, para só então tentar voltar a me sentir bem. E esse é um momento muito importante, porque me mostra se eu realmente, já entendi ou, se eu ainda não entendi e nem concebi, o que é o experimento da dupla fenda e, quem dirá a física Quântica ou a maravilhosa ferramenta de Ressonância Harmônica do Hélio Couto, para quem quer expandir a sua própria consciência, aqui e agora. E se assumir como cocriador, aquele quem realmente cria a sua própria realidade…

Eu mesmo pratico a minha própria vibração…

- domingo, 22 de setembro de 2013

KK e nossos vizinhos felizes Alguns amigos mais íntimos, aqueles que me observam no meu dia a dia, seja eu com o meu apto quitado e todo muito bem decorado, com as minhas piscinas na melhor praia do Recife, sempre de caro novo, sempre viajando e me divertindo muito, com muito dinheiro sobrando… Então, eles ficam querendo saber, o tempo todo, o que é, e como que é, o que eu faço para realizar todos esses desejos facilmente, já que eles mesmos sentem uma grande dificuldade em conseguir realizar, apenas os mais comuns, os que eles acham ou classificam como pequenos desejos, e pior assumindo prestações a perder de vista.

A única diferença é que, eu não tenho desejos pequenos ou grandes, eu tenho desejos e, eu apenas gasto uma pequena parte do meu tempo, alguns minutos diários, praticando a minha vibração dominante de Bem Estar, que é compatível com qualquer desejo meu, enquanto eles gastam horas e horas se preocupando e, apenas criando uma vibração que muitas das vezes não é compatível com o que eles mesmos mais desejam. E ainda têm alguns deles, fazendo coisas que não querem fazer, para quem sabe poder um dia, obter o que tanto querem…

Eles passam horas e horas, trabalhando duro, depois orando, outros viajam longas distâncias cansativas, apenas para participar de palestras motivacionais pró fazer, todos estão dispostos a fazer qualquer coisa que seja ação física, qualquer sacrifício físico eles topam. Mas, quando se fala em passar um tempinho só, se dedicando em, apenas pensar e sentir o que se quer, todos eles se justificam e encontram mesmo, muitas e muitas desculpas, alguns até acham que isso é coisa de criança, de sonhador. E assim voltam a procurar uma coisa bem mais difícil a se fazer e, quem sabe ser um merecedor… Para pagar o seu karma, os seus pecados, coisa de doido.

Eu já penso diferente… Uma crença é só um pensamento que eu mesmo penso, muitas e muitas vezes e, se eu o envolvo com fortes emoções, eu transformo essa crença, em uma crença dominante, que pode ser negativa ou positiva, dependendo da vibração que ela mesma me provoca, aqui e agora. Então, todos os dias eu passo alguns minutos praticando minha vibração, me fazendo muitas perguntas que sempre a resposta será “SIM” e, isso ainda me fará sentir, um grande Bem Estar, aqui e agora. Nunca importando onde estou, agora mesmo em Salvador eu me pergunto…

E eu começo assim… Eu acredito que sou um ser vibracional, aqui e agora? Sim!!! Eu acredito que tudo responde a minha vibração atual? Sim!!! Eu acredito que a Lei da Atração responde as minhas vibrações? Sim!!! Eu ainda tenho alguma crença que, me atrapalha em ter uma vibração que eu tanto quero? Sim!!! Acredito que eu só preciso, jamais voltar a alimentar essas crenças limitantes e, só passar a alimentar as positivas que, tudo se resolve por si só? Sim!!! Eu acredito que posso sempre realimentar mais, essas minhas crenças que só me ajudam mais? Sim!!! Eu acredito ser capaz de encontrar aspectos positivos em tudo? Sim!!! Eu consigo sentir a diferença entre algo que já me faz sentir bem e algo que jamais me fará sentir bem? Sim!!! Eu realmente acredito ser um ser vibracional? Sim!!! Acredito que um contraste me ajuda a desejar mais? Sim!!! Eu acredito viver num Universo totalmente vibracional, onde a Lei da Atração está me respondendo a todo o momento? Sim!!! Eu acredito que a minha vibração é igual ao meu ponto de atração? Sim!!! Eu controlo a minha vibração? Sim!!!

Então, eu mesmo decidi e dou a minha intenção todos os dias, de passar apenas alguns minutos, pensando e sentindo, coisas que são reais na minha vida, mas que em nenhum momento me faz voltar a sentir mal e nem mesmo entrar em contradição, com tudo o que eu mesmo estive me perguntando a poucos minutos atrás… Isso só realimenta ainda mais a minha atual crença no Bem Estar…

A minha vida nunca mais é, o que ela mesma já foi um dia…

- domingo, 22 de setembro de 2013

crenças O que é… Essa minha atual realidade, jamais tem qualquer influência no que ainda está por vir, para essa minha vida atual, a menos que eu mesmo esteja continuamente regurgitando, as mesmas histórias de tudo o que já é. E como eu deliberadamente já penso e falo bem mais, em como eu realmente quero que a minha vida seja agora, eu mesmo permito que, o que eu mesmo estou vivendo atualmente, não importando onde, passe a ser, o lugar do meu salto quântico, para a expansão eterna de sempre muito mais, de todas as coisas que eu mesmo ainda muito desejo.

Então, eu estou sempre pensando, falando, escrevendo e até mesmo sentindo, a minha vida mudar para melhor. Minha saúde só melhora a cada dia, eu só faço as coisas que me fazem ainda mais feliz. Eu sinto que meus filhos, meus netos e meus sobrinhos, estão todos bem de saúde e muito felizes. Meu relacionamento está melhorando a cada dia. Meus negócios prosperam exponencialmente, minha rede social é um sucesso, meus aplicativos já valem milhões de dólares, meus sócios estão satisfeitos. eu só tenho amigos felizes. Eu estou sempre viajando e me divertindo muito. Os lugares onde eu estou, sempre prosperam para melhor, e eu posso ver isso, não no meu passado, também vejo isso hoje, agora no lugar onde moro, o Recife, o meu bairro de Boa Viagem, não param de crescer. Eu adoro saber que eu tenho esse maravilhoso poder, de sempre criar a minha própria realidade, aqui e agora.

Porém, como diz a musica do Lulu Santos… Nada do que já foi será, de novo ou do jeito que, já foi um dia ou até mesmo a um só segundo atrás. Porque eu sei muito bem também que, se eu voltar à só falar predominantemente de como que, já está a minha vida, em como minha vida já é. Então, eu ainda estarei dando um salto para mais. Porém, eu estarei saltando apenas para mais do mesmo que já é. Então, eu nunca serei um doido varrido, querendo voltar a ficar criando mais e mais, apenas daquilo que eu mesmo já tenho, sabendo que eu mesmo nunca deixarei de sempre querer e desejar muito mais. Então, eu desejo e dou a minha intenção agora, de ser sempre como o próprio Universo é… Sempre; prospero, abundante e eternamente expansivo em tudo…

Egoísta! Mas, muito feliz…

- sábado, 21 de setembro de 2013

ao aq Nayana, Bia e Arthur Eu só posso dar a alguém, aquilo que eu já tenho. Aprendi que nessa vida, nada vale mais do que a minha própria felicidade. Então, para eu dar ou fazer alguém feliz, eu primeiro tenho que, ser muito feliz sozinho. E com o tempo, pude relembrar e conceber que, eu ficando tão feliz o quanto eu realmente possa ser, sem mesmo ter algum motivo aparente; eu não ganhei na loteria, não comprei um carro novo que eu queria muito e nem mesmo fiz a viagem que eu tanto desejei fazer. Essa simples felicidade que eu mesmo inventei, imaginei e achei um jeito de tê-la, aqui e agora, sempre cuida para que tudo fique melhor na minha vida. E isso sempre acaba se tornando a minha própria realidade.

Então, mesmo que eu não tenha reais motivos aparentes para ser feliz, eu preciso fazer as pazes comigo mesmo. Fantasiar o máximo que eu puder, mudar essa minha atual realidade para melhor, contando sempre uma historia melhorada de vida.

E a muito tempo eu tomei uma decisão… Eu vou ser feliz de uma maneira ou de outra; não importa como, onde ou com o quê. Não importa nem com quem, eu vou ser feliz. Então, eu dei a minha intenção… Se eu tiver que ignorar a todos. Se eu tiver que nunca mais assistir televisão novamente, se eu tiver que nunca mais pegar um jornal de novo, para ser feliz, pode ter certeza, eu vou ser muito feliz. Se eu nunca mais puder ver o rosto daquela pessoa que eu tanto amo de novo, eu ainda assim, vou ser muito feliz. Mas, se eu tiver que ver o rosto de um dos meus filhos, ou de algum dos meus netos ou sobrinhos, eu vou encontrar algum jeito, nem que seja pela Internet, para ver o rosto dessa pessoa que me faz feliz, que me alinha com que eu realmente sou. Esse é e será sempre o meu mantra… Eu vou ser feliz, vou ser feliz e vou ser muito feliz nessa vida, aqui e agora. E ponto final. Tudo depende da minha intenção e da minha apreciação permissiva, aqui e agora.

O “ego” inchado é uma merda…

- sexta-feira, 20 de setembro de 2013

sumeria As pessoas não expandem a sua consciência como poderiam, elas deixaram as religiões forjarem o seu próprio ego inchado, e assim vivem num mundo da fantasia, onde são sempre os observadores dos grandes acontecimentos. A maioria não lê e nem mesmo pensam, usam a Internet como mais uma extensão de sua parca vida, tentam levar apenas os lixos e ador da sua vida, para compartilhar com os seus amigos virtuais.

Se alguém pesquisar, vai encontrar a fonte de todo esse ego, a causa de toda essa historia mal contada, de que se tem que ficar nos bastidores, para que alguns sejam os maiorais. Coisa de doido, se rebaixar para poder criar ídolos. O povo Sumério já relatou tudo isso a mais de 6.000 anos antes de Cristo. É a civilização mais antiga que, já deixou registros sobre a sua existência, onde seres de outros planetas, aqui estiveram e introduziram o DNA deles, a nós que ainda nem sabíamos falar a milhões de anos atrás. Foram eles que criaram e espalharam pelo mundo a origem de todas as religiões que hoje existem. Eles criaram as religiões para criar crenças que fizessem com que o povo humano, com o seu já modificado DNA, se identificasse com determinados pensamentos que, o seu próprio subconsciente onde estão armazenas as crenças implantadas, pudesse realimentar sozinho o ego já implantado por eles, em nós humanos.

Além das religiões eles criaram suas politicas, para nunca deixar com que a humanidade entrassem em harmonia com o fluxo de Bem Estar natural no Universo. Para não perder muita mão de obra barata, afinal eles nos modificaram para trabalharmos como escravos coletando o Ouro que eles queriam. E não para ficar só guerreando entre si, as guerras era só para eles se divertirem com as bestas humanas que eles criaram. Então, eles fizeram as religiões criarem assim, as suas escolas, todas com um só intuito, criar discórdia e separação sem guerras físicas. Embora eles já tivessem o conhecimento de como o Universo é formado quanticamente, de átomos autoconscientes que atendem a qualquer ser vivo. Eles introduziram a física Clássica na nossa educação. Assim teriam escravos enquanto precisassem…

Então, o que temos hoje, bilhões de pessoas no mundo todo que idolatram pessoas comuns como elas mesmas, mas que elas mesmas foram induzidas pelo seu próprio ego implantado a dar todo seu poder de escolha aos poucos; religiosos, políticos, artistas e até bandidos, a todos os que tenha o poder sobre a grande maioria que, ainda não se deu conta de que ainda é escravo do seu próprio ego, mesmo sem chibatas ou correntes.

Eu sou pura energia e informação e, tenho um campo eletromagnético…

- sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Nayana e Nara Lyon Eu e a Ariel filha do Diogo Eu mesmo sou um gerador e receptor de energia e informação de Bem Estar nessa forma física, conectado pelo fluxo ininterrupto de energia e informação de Bem Estar ao Vácuo Quântico, recebendo e emitindo energia e informação, o tempo todo ao mesmo tempo. E como não poderia ser diferente, todas as crianças, inclusive os meus filhos quando nasceram, até mesmo os meus netos, a própria Ariel, filha do meu amigo Diogo e Andreza que nasceu ainda a pouco. Toda criança é naturalmente alegre. Porque toda criança está naturalmente em sintonia com o fluxo ininterrupto e eterno da Fonte de Energia e Informação de Bem Estar.

E como as crianças ainda não tem o medo e a preocupação, essas muitas crenças limitantes que nós adultos absorvemos dos nossos pais, que absorveram isso também, da Matrix de tudo isso, essas muitas religiões que existem mesmo, e das muitas escolas e confrarias que todas elas montaram, apenas com um só propósito, criar mais crenças limitantes em cada um de nós, para que nós mesmo nos identificássemos com alguns pensamentos que, seriam realimentados com tudo que já está embutido nessas próprias crenças limitantes, já instaladas em nós. E então, para completar tudo isso, as mesmas pessoas, ainda dominam todas as mídias nos fazendo marionetes de suas historias. Isso se eu voltar a sentir medo. Esse é todo o poder que eles tem sobre qualquer um…

Mas, como todas as nossas crianças pequenas ainda estão de fora da Matrix, elas mergulham de cabeça em tudo, elas não tem nada contra ou a favor dos contrastes. Então, é até natural que exista algumas coisas que possam desconectá-las do seu próprio Bem Estar natural. Eu só não posso deixar que a desconexão momentânea de qualquer uma delas, possa inflamar a minha própria desconexão e eu voltar a Matrix.

Porque eu já descobri e, muitos pais que também saíram da Matrix, já se deram conta de que, todos os nossos filhos, na maioria das vezes, se sentem bem quando nós mesmos, estamos nos sentindo muito bem, eles realmente copiam nossas vibrações, nossas apreciações mesmo a distancia, e sendo assim, geralmente quando estou muito feliz e apreciativo, os meus filhos certamente estarão assim também, mesmo que eles morem lá no Rio de Janeiro e eu aqui em Pernambuco. Elas são realmente, um forte e grande reflexo da maneira de como eu mesmo estou me sentindo agora, e na maior parte do meu tempo. A física Quântica prova isso, quando se envia duas partículas emaranhadas para lugares distantes, elas se comunicam e tomam a mesma atitude, sempre ao mesmo tempo. Então, eu mesmo crio a minha própria realidade de Bem Estar, aqui e agora…

A minha gratidão aos contrastes da vida…

- quinta-feira, 19 de setembro de 2013

carro nissan Eu sou grato por viver essa vida repleta de contrastes, porque hoje eu realmente sei que, eu devo tudo a eles, aos contrastes, todos os meus desejos já realizados e os muitos que ainda estão no meu vórtice criativo, me chamando, sempre que eu mesmo encontro um “alivio”, na presença de qualquer contraste que eu encontre pela vida. Porque foram eles que me deram a certeza absoluta do que eu realmente queria…

Se não fosse a religião limitante da minha mãe, um grande contraste para mim, eu jamais seria a pessoa; livre, feliz e expansiva que eu sou hoje. Se não fosse o contraste das escolas em que fui obrigado a frequentar, eu não teria desejado e expandido tanto a minha própria consciência. Se não fosse o maior contraste dessa vida, essa coisa de trabalho, eu não teria desejado o oposto, que é viver me divertindo ganhando muito dinheiro nas praias do nordeste com a minha rede social e meus aplicativos. Se não fosse o contraste da política, e suas leis limitantes, eu jamais teria desejado o oposto e encontrado as Leis Universais e até a física Quântica.

Se não fosse essa lei seca limitante, eu não teria desejado um carro como o da Nissan que eu nem preciso pilotar, basta colocar o endereço no computador de bordo. Porque é por esses e outros contrastes que eu ainda vou encontrar, que hoje eu posso afirmar que, não existe realidade melhor que a minha. Só eu descido o que eu quero viver, aqui e agora. E tudo apenas com o meu pensamento e o meu sentimento envolvido, apenas focando e dando a minha atenção deliberada ao que quero, e me permitindo mais, tudo e a todos, apenas com a minha própria busca constante, do meu próprio Bem Estar. Isso sim é ser realmente livre…