Porque eu não paro de desejar?

27 de março de 2013 por
Publicidade

Minha mãe sempre dizia, isso desde de que, eu ainda era muito pequeno… Você nunca está satisfeito com nada menino? Meus professores também diziam a mesma coisa quando, eles apenas queriam que eu repetisse, apenas aquilo que eles aprenderam a repetir, para apenas me fazer repetir mais também. Depois vieram as religiões, as seitas e filosofias, e então todas; Os testemunhas de Jeová, os católicos, presbíteros, luteranos e os budistas, todos repetiam a mesma velha pergunta. Porque você nunca está realmente satisfeito com nada, Eduardo Billy?

Eu dizia para todos eles… Isso é que a minha vida é, apenas um jogo gostoso de brincar de sempre se desejar mais, e eu já nasci de um desejo, minha mãe pode até não ter desejado fazer sexo com meu pai, mas meu pai, com toda certeza desejou, e se não fosse esse desejo, eu nem seria esse Billy criador. Eu vim para me divertir com tudo o que eu penso e sinto, enquanto faço qualquer coisa. A minha vida sempre foi e ainda será uma aventura, como se fosse uma férias sem fim, que você pode ver nessa minha trajetória agora; Uma infância e uma vida muito louca e feliz, começando em Friburgo, Lumiar, São Sebastião do Paraíba, Itaocara, Aperibé, Niteroi, Rio das Ostras, Rio de Janeiro, Manaus, São Paulo e São José dos Campos, Caragua, Ubatuba, Ilha Bela, Recife, Salvador, Paraíba, Natal, Maceió e muitas praias, muitas mesmo e você ainda fica querendo que, eu seja igual como todo mundo…

Todas as pessoas que eu passei a apreciar, foram pessoas que até hoje em dia, nunca se acomodaram em apenas repetir, o que todos queriam que elas repetissem, cada um em sua época, mas todos foram completamente diferentes; Meu avô Marino com a sua própria filosofia do Bem Estar. Os três Budas; Sidarta Gautama (Shakyamuni), Tientai da China e Nitiren Daishonin do Japão, todos com suas ideias que mudaram a minha vida. Nikola Tesla, o maior inventor de todos os tempos, dizia que, as escolas não me ensinariam a nada, tudo o que ele inventou, veio tudo pronto a sua mente. Napoleon Hill, que me abriu a minha cabeça para a transmutação sexual. Bill Gates, que abriu meu mundo para a nova tecnologia, Jerry Hicks para as muitas respostas de minha vida. Mark Zuckerberg, e sua rede social maravilhosa, a garotada dos novos alicativos e a Esther Hicks, que até hoje repete, repete e repete que, eu mesmo nunca poderei errar e que eu nunca vou fazê-lo, e ainda me recomenda a me divertir muito mais, o tanto quanto eu puder, e isso, ao longo dessa minha fantástica jornada emocional, sempre entrando e saindo do meu vórtice criativo, sempre procurando o caminho de volta, ao fluxo de energia do Bem Estar, pelo simples, mas, poderoso alivio, procurando sempre razões para me sentir bem e que, esse é o natural para mim e a minha própria vida. E que é também, a única garantia de eu mesmo poder realizar, todos os meus desejos, inclusive o da minha própria rede social Vibreleve, aqui e agora.


  • julio Rico

    Oi Billy, ja tem algum tempo que venho tentando entender porque algumas pessoas não sentem desejos, eu tenho um sobrinho que tem uma consciência bastante elevada mas não entendo porque ele se abstraiu do materialismo, ele é bem rico, a mãe possui um grande patrimônio e empresas mas ele não tem carro porque o carro faz parte do sistema capitalista juntamente com a máfia do petróleo mundial, não usa nenhuma tecnologia pois para ele é apenas um sistema de manipulação dos Iluminatis e blá blá blá … !! essa historia voce ja conhece, sou como voce tenho desejos infinitos, quero tudo de bom, riqueza, luxo, conforto, gastronomia sofisticada, viagens e hoteis em Dubai e uma Ferrari preta mas porque será que pessoas como meu sobrinho tem essa aversão a tudo que é material ? será que é simplesmente porque não querem nada, não desejam nada ?

  • http://www.vibreleve.com Eduardo Billy

    Já lhe respondi no post que acabei de escrever, abração… Porque algumas pessoas desejam tão pouco?