Sem saber sentir o que se quer, fica impossível realizar qualquer desejo…

24 de novembro de 2012 por
Publicidade

Veja bem, para se saber o que se quer, é preciso primeiro entender muito bem, o que não se quer, e apenas passar a sentir o que realmente se quer, que é; a felicidade, a liberdade e a expansão que cada desejo já trás em seu bojo, para cada um de nós.

O maior beneficio que a rede social Vibreleve oferece as pessoas é exatamente isso, muitas pessoas observam o que querem, colocam suas fotos, declaram seus desejos, as suas preferências, mas, ignoram seus sentimentos, suas vibrações e continuam a vibrar a falta do que querem. Elas poderiam mudar isso, se parassem de tentar ignorar os resultados de seus desejos, de suas vibrações, porque sempre estamos recebendo o que vibramos, aqui e agora.

Se eu tenho um desejo, e ele ainda não veio, é porque eu estou vibrando muito mais a falta dele, do que a sensação que eu mesmo quero sentir, quando esse mesmo desejo vier a se manifestar, a se realizar fisicamente. Então, eu estou obtendo a cada momento, as respostas exatas ao que eu mesmo estou sentindo. Todos os meus desejos estão sendo realizados. O que eu realizo, jamais é em resposta ao que estou fazendo, ao que já fiz, ou ao que deixei de fazer, é exclusivamente ao que eu mesmo estou sentindo, aqui e agora.

Este é um Universo sempre em expansão, e todas as coisas devem ser permitidas. Agora! Sabendo disso, eu compreendo que, para experimentar as coisas que eu desejo, também devo compreender, aquilo que não desejo. Porque para lançar o meu forte desejo e, saber eu mesmo escolher, o que eu mais quero, ambas as partes devem estar presentes, o que eu não quero e o que eu quero, para serem realmente compreendidas. O que eu não quero é apenas um contraste e, deve ser encarado como tal. Jamais é para eu continuar a focar ou dar a minha atenção a esse contraste. Mas sim na alegria que o meu desejo que nasce do encontro com esse contraste, sempre me trás.

Eu jamais poderei responder a estás duas importantes perguntas, O que eu quero? E porque eu realmente quero isso? Sem primeiro entender que, o que estou recebendo, o que eu estou vivendo, aqui e agora, é a resposta ao que eu mesmo estou sentindo, todos os contrastes são uma resposta as muitas vibrações, sejam minhas ou de outras pessoas que, apenas servem para dar continuidade a vida, a expansão. Ele provoca em mim mesmo, um novo desejo e só assim, eu chamo a energia da fonte a passar por mim. E se a energia da Fonte é de puro Bem Estar. Tudo o que eu mesmo sentir que, não seja ligado a; esperança, otimismo, expectativas positivas, felicidade, vivacidade, entusiasmo, paixão, apreciação, amor, liberdade, poder, conhecimento e alegria é, apenas a minha própria resistência ao meu chamado ao fluxo natural de energia da Fonte de Bem Estar, ao eu mesmo continuar a dar o meu foco não dividido ainda ao contraste e não na alegria que os desejos provocam.


  • alex

    Billy, tem alguma tecnica que facilita o “sentir” ???

  • http://www.vibreleve.com Eduardo Billy

    Apreciar e imaginar, são duas boas tecnicas…