Eu adoro ser como eu sou…

29 de agosto de 2012 por
Publicidade

Já me chamaram de louco varrido, de desajustado, de rebelde sem causa, até disseram que eu vivo fora dos padrões da grande maioria da sociedade. Que eu vejo as coisas como ninguém mais vê, que eu não respeito nenhuma das regras, nem os status que a sociedade criou, muito menos pras celebridades e os babacas da rede Bobo cria com seus BBBs (Globo). Eles ficam puto porque eu chamo o Lula de abestado, e ainda o admiro por ter se dado bem na vida, sem nunca ter trabalhado. Quando digo que o Papa é o protetor dos pedófilos. Quando afirmo que todas as religiões são uma verdadeira merda, que deveriam ser classificadas como empresas e pagar imposto. Que quem trabalha, todo aquele que não sente alegria no que faz, que só faz algo para ganhar seu sustento, o seu ridiculo salário e poder sobreviver é um verdadeiro escravo. E quem ainda vota hoje em dia é, um tremendo de um otário.

Então, por isso, uns me amam, outros me odeiam, outros me desprezam, tem até aqueles que fingem que me ignoram. Mas, todos ficam de olhos ligados em tudo o que faço, me focam o tempo todo. Eu estou sempre na cabeceira de qualquer mesa, mesmo estando sentando no meio ou em uma mesa totalmente redonda. Porque eu sou uns dos poucos que já mudaram e ainda mudam o mundo. Porque eu estou sempre na vanguarda, na linha de ponta do pensamento. E por eu ser como os poucos que ainda acreditam que, podemos; ser, ter e fazer tudo o que queremos fazer. Então para nós que não perdemos nossa conexão com a Fonte do Bem Estar, que ouvimos e sentimos o nosso “Ser interior” nos mandar um sinal de livre e liberado, nunca existiu nada impossível de se fazer.