A necessidade de se encontrar com Deus…

21 de maio de 2012 por
Publicidade

O que eu venho observando nesses longos anos de vida, é que todo e qualquer ser físico, o ser humano em geral, tem a necessidade de encontrar muitas etiquetas, muitos nomes que eles mesmos usam, dependendo de como eles se sentem no momento, para tentar descrever a sua interação com a energia não física.

Então eles a chamam uma hora de; Fonte de Energia. Fonte de Bem Estar. Consciência Infinita. Consciência Coletiva, o que significa um fluxo, ou um consenso de muitas (que se pode chamar) vozes não físicas. Alguns até chamam de anjos. Alguns chamaram de Deus. Outros de Buda, o iluminado. Alguns chamaram de seu Ser Interior.

Mas na verdade, tudo isso é apenas a sua própria “consciência” focalizada, aqui e agora, especificamente respondendo a sua vibração que você mesmo gerência em sua pergunta atual. Todos nós quando focados aqui, nascemos já com uma triade de intenções que vão permear toda a nossa existencia como seres físicos, que é; liberdade, felicidade e expansão.

Quando você esquece ou não vivência essa triade de intenções em algum momento de sua vida como ser físico, você mesmo se distância da Fonte, do Deus ou da sua própria Consciência não física. Essa é toda a diferença de quem consegue tudo o que quer… E quem apenas observa os outros se divertirem a vida toda, com tudo o que já conseguiram realizar…

Não existe milagres, nem mesmo proteção divina a favor de alguém, nem mesmo um complô contra você, você mesmo escolheu se fuder…

Eu até acho isso tudo muito divertido… Quanto mais você mesmo procurar a sua Consciência fora de você mesmo, mais você mesmo viverá o lado da falta de tudo o que você mesmo sabe que já existe, e é por esse motivo que as pessoas sofrem muito nessa vida, porque escolheram nadar contra o fluxo do Bem Estar.

Os seus idolos, as pessoas que você venera, todos aqueles que você mesmo os vê como pessoas especiais, são pessoas comuns como você. Elas apenas escolheram ser o que elas queriam ser, e você escolheu ser o que você é agora, apenas pensando e sentindo o que sente… E dai? E eu curto muito tudo isso… E até agardeço de coração, toda a sua atuação como mais um contraste a mais em minha experiência física… Aqui e agora.

Porque a vida é feita de escolhas… Eu escolhi nunca me abandonar… Eu me amo… Muito!
A vida é supostamente pra ser divertida…