Arquivo de dezembro de 2011

A sua expectativa para 2012

- sábado, 31 de dezembro de 2011

Expectativa indica a junção entre onde você está agora, e onde você quer estar. O que você quer ser é o seu desejo, e onde você está exatamente agora, é o seu ponto de ajuste ou hábito de pensamento.

Você até pode desejar algo novo e continuar com os mesmos pensamentos crônicos de que você mesmo tinha no ano passado, aqueles que você mesmo pensava quando você ainda não tinha o que desejava, mas jamais vai conseguir o que ainda deseja muito, se não mudar o seu modo de pensar, criar novas crenças, fazer delas suas crenças dominantes, seus novos hábitos de pensar

Aderir à expectativa positiva de vez.

Em algum lugar ai onde você está agora, se você sente uma expectativa, seja ela querida ou mesmo não desejada, isso não importa muito para a Lei da Atração, o desejado ou o não desejado, mas esperado é um ponto muito forte de atração. Sua expectativa é sempre o que você acredita que virá.

Mas a expectativa palavra implica muito mais no que você está realmente querendo, do que aquilo que você não está querendo. É uma palavra muito mais positiva do que uma palavra negativa.

Mas, claro, a escolha é sempre sua, você poderia também esperar negativamente e tudo o que você espera você vai conseguir, com toda certeza!

A vida é injusta? Existe realmente injustiça?

- sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

As pessoas sempre perguntam; se a Fonte, Ser Interior, Tudo o que é ou como a maioria chama Deus, tem todas as respostas, e se todos nos somos ligados a essa fonte infinita de conhecimento, porque todos nós não recebem as mesmas respostas e as mesmas coisas?

Talvez nem seja preciso consultar isso a fonte, para se ter uma resposta clara, porque tudo é muito obvio, está na nossa cara que, nem todo mundo está fazendo as mesmas perguntas, nem todo mundo quer as mesmas coisas e ainda tem um ponto muito fundamental, nem todo mundo está no mesmo ponto de entendimento. O modo de cada um perceber e conceber é extremamente diferente.

Isso é muito sutil, uma criança só quer saber de experimentar as coisas a sua volta, os seus desejos são limitados a sua área de copiar vibrações a sua volta, e elas mudam de desejos a cada fase de crescimento, e também de acordo com as crenças implantadas nessas mesmas crianças, cada uma delas vai ter desejos diferentes, os filhos de um fundamentalista islâmico terá o desejo de ter uma arma e morrer pela causa e ganhar muitas virgens, os filhos dos cristãos já vão desejar ir pro céu e o do espírita renascer como uma pessoa melhor e por ai vai…

E tem mais, as pessoas que nasceram na miséria, a maioria já se acostumou, já se habituou a viver nela, e o pior, também desejam muito pouco, o mal estar para eles é normal e o Bem Estar apenas um sonho, os que conseguem sair desse tipo de mentalidade, já desejam um pouco mais, já os filhos dos ricos, estes nem sabem que a pobreza existe, para eles isso é apenas mais uma historia triste de Hollyood, e estes desejam tudo o que a vida já se tornou.

E como todos nós somos eternos, estamos todos sobre a mesma regência da eternidade, isto significa que, existe ai uma certa diferença de desejos, seja pela idade, sexo, localização de habitat no nosso planeta ou até mesmo de filosofia .

E é das nossas diferenças, que os desejos de todos os tipos nascem e vem para fora, e como todos esses novos desejos, cada um deles, mesmo em sua diferença, é importante, o Universo, Fonte, Tudo o que é, Deus… Responde a cada um deles, sem distinção, não pela sua suplica, prece ou gestos, mas, pelo que cada um vibra em sua própria experiência.

Portanto não existe injustiça, cada um recebe exatamente aquilo que dá pra vida, em forma de vibração. Então, você e eu só precisamos procurar razões para nos sentir bem, e vibrar o Bem Estar que assim será.

Os campos de concentração da FEMA nos EUA.

- quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Você não pode sair por ai matando todo mundo que não concorda com você. Você não pode e nem deve fazer isso. Você iria ter de matar muita gente, e é isso que os EUA estão planejando fazer com a compra de 500.000 caixões, cada um para quatro pessoas, e muito em breve, eles irão chegar até o âmago da questão que é apenas eles mesmos, e então eles iriam começar novamente a discordar uns com os outros … Em outras palavras, ninguém pode chegar onde se quer chegar, empurrando-se contra o que não se quer, isso nunca funciona.

O mundo está nessa verdadeira loucura, porque as pessoas querem excluir de qualquer maneira o que não querem para si, veja bem, é Israel e os palestinos, um tentando excluir o outro, é os EUA tentando excluir quem discorda deles, fomentando guerras nos países árabes, e não é a toa e nem de se admirar que o maior numero de doentes mentais e prisioneiros estejam em solo americano.

E quase que eminente a quebra financeira mundial, a Europa está falida, os EUA já está quebrado há muito tempo, e agora mesmo estão contratando 100 mil pessoas para trabalhar a partir de fevereiro de 2012, nos vários novos campos de concentração (prisões militares) espalhados pelo país, e eles estão sendo ativados um a um, é coisa para colocar um milhão de pessoas nestes campos de concentração em massa.

Está é à hora certa para que cada um de nós comece a meditar mais, e estar cada vez mais sensíveis as nossas próprias emoções.

É hora de não se incomodar nem um pouco com os que não estão se divertindo com a vida, porque todos têm o mesmo potencial para a felicidade e a liberdade, e elas estão disponíveis para todos, seja você mesmo, um exemplo vivo da felicidade, ofereça sua vibração deliberada, é hora de sentir e adorar ver o Universo alinhando as coisas, de ver e apreciar como as circunstancias e os eventos se alinham para criar evidências que lhe mostrará como você mesmo está indo com sua vibração.

Não seja mais um simples observador, não reaja automáticamente às enormes cagadas que os outros estão fazendo, e saiba que de verdade você não é obrigado a ficar focado nisso. Nem viver as historias dos americanos, europeus ou árabes.

É hora de contar a sua própria historia de vida, e vivê-la intensamente.

Ame a si mesmo o maximo, saiba que não importa o que esteja realmente acontecendo agora, você pode voltar a contar uma nova historia melhorada de sua vida e esperar por ela feliz, porque ela virá, ame saber que nem mesmo importa o quão boa seja a sua historia agora, porque ela simplesmente pode, nem sequer estar perto da melhor historia que você ainda há de contar.

Ame saber que não importa o que aconteça, você sempre vai poder contar uma nova historia melhorada de sua vida, e permitindo que, eles também possam contar as suas, do jeito que eles quiserem.

Qualquer um pode se curar de qualquer coisa, desde a sua pobreza material e até de um câncer…

- quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Tem um vídeo que circula na internet, de uma cura de um cancro da bexiga de três polegadas de diâmetro, dentro do corpo de uma mulher que, pelos padrões médicos ocidentais teria sido diagnosticado como inoperável. Em última instância, depois de desenganada, ela tinha ido para um hospital não médico em Pequim, na China. [Agora encerrado pelo Governo Chinês - VisualizeDaily.com]

Nesse documento registrado em vídeo, mostra a mulher, deitada num quarto de hospital. Ela está completamente acordada, plenamente consciente, e o principal, ela realmente acredita no processo que se irá seguir.

Atrás dela está um técnico que maneja uma vara de ultrasom no baixo abdômen, que se pode ver representado no visor de uma televisão. Na parte esquerda do visor, a imagem parada de um instante de tempo para se ter referência. Podendo ver a sua condição naquele exato instante. No lado direito do visor, podemos ver o tempo real, em quanto os três médicos estão de pé, atrás dela, trabalhando com a energia do corpo dela e com as sensações/sentimentos nos seus próprios corpos.

E o que fazem é que começam a entoar uma palavra como se fosse um cântico, pois tinham concordado que reforçaria o sentimento dentro deles, de que ela já estava curada. O cântico, essencialmente, dizia, “Já curada”, “Já curada.” E quando eles começam a ter esta sensação e a dizer estas palavras, podemos ver no visor da televisão, em tempo real este tumor cancerígeno, momento a momento enquanto ele vai desaparecendo, isso em menos de três minutos de tempo real.

Não é como um lapso de tempo, num documentário de TV, onde se vê uma rosa desabrochar em 30 segundos, algo que normalmente se leva dias gravando.

Isto aconteceu literalmente em três minutos. O seu corpo responde aos sentimentos dos médicos que foram treinados para ter essa espécie de sensações que eles estavam a ter. E o que eles estavam a sentir era a sensação pura que se sente quando se está na presença de uma mulher que já está curada. Completamente apta e capacitada.

Observem que eles não estavam vendo ela como uma mulher doente. Eles não estavam a dizer, “Cancro maldoso, tens de te ir embora.”

E se esses três praticantes não estivessem lá? Essa mulher poderia ter feito isso sozinha? Podia algum de nós fazer o mesmo em nós próprios?”

Com toda a probabilidade ela podia ter conseguido isso sozinha. Mas para isso é preciso primeiro a pessoa tenha a crença dominante de que isso funciona.

No entanto, há algo em nós, criaturas humanas, que nos potencializa e nos torna ainda mais fortes quando somos influenciados e apoiados pelos outros nas coisas que acreditamos nas coisas que escolhemos fazer.

E é isso que esse texto quer lhe fazer, lhe influenciar para que você mesmo possa criar uma nova crença dominante de que, o normal é ter saúde e se sentir bem. O tempo todo.

Qualquer coisa fora disso é anormal.

Como você quer realmente a sua vida? O seu mundo?

- quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Em 1972, nos Estados Unidos, 24 cidades foram escolhidas para levar a cabo uma experiência muito interessante em que, várias pessoas foram treinadas para sentir o sentimento da paz de uma maneira muito específica. Elas foram colocadas estrategicamente em algumas cidades onde existiam problemas de crimes violentos e acidentes fatais. Todas as cidades tinham uma população por volta de 10.000 habitantes.

E o que aconteceu foi que, durante o tempo em que as pessoas sentiam sentimentos de paz, as comunidades que as rodeavam, para lá dos edifícios onde se faziam essas experiências, todas as comunidades experimentavam reduções da criminalidade que eram estatisticamente mensuráveis. Os crimes violentos contra as pessoas e os acidentes de tráfico diminuíram consideravelmente.

Em algumas cidades como Chicago, onde prevalecia o mercado bolsista, a bolsa de valores melhorou, enquanto a paz era estabelecida. E quando terminaram as suas meditações, todas as estatísticas voltavam para a situação anterior. E eles fizeram isso inúmeras vezes.

Isso mostra que se você que está exatamente ai e agora, lendo isso agora, se focar só no que você realmente quer, eu digo e repito. Só no que se quer de verdade, você mesmo pode mudar a sua vida agora, assim como pode também mudar tudo a sua volta.

E afirmo também que, não é ficar ligado nos crimes e problemas que todas as rádios, jornais e as TVs mostram a todo o momento a toda hora que, vai mudar alguma coisa em sua vida pra melhor. Continuando a fazer essa cagada homérica de ficar focado no que você mesmo não quer, vai também mudar, só que, para pior.

Isso que as pessoas chamam de jornalismo hoje em dia, é muito medíocre e me enoja, eu prefiro curtir minha praia, apreciar o que é belo.

Como você quer ver o seu mundo?

Se você pode escolher só o que quer… Porque escolher o que não quer?

- quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Aproveite todas essas experiências maravilhosas de encontrar com os contrastes que a vida lhe oferece, para que você mesmo possa desejar mais, como se você desfrutasse de um delicioso buffet de contrastantes.

Você só precisa chegar a um local mental especifico (a pratica da realidade virtual poderá ajudá-lo a ganhar essa confiança), onde sempre que você estiver na frente desse buffet, ou mesmo um selfservice imaginário, onde tem tanto aquilo que você gosta muito de comer, assim como também tem algumas coisas que você não gosta de comer, você tem simplesmente que, ou apenas, não se sentir frustrado porque há muitas coisas que você mesmo não quer comer.

Você só precisa se acostumar a não se sentir obrigado a colocá-los no seu prato e comê-los para agradar alguém, ou querer desesperadamente joga-los fora, ou mesmo querer excluí-los de vez da li, você só precisa pegar as coisas que você gosta. É simples!

E se você parar para pensar, verá que no seu Universo de seus pensamentos, é da mesma maneira. Você pode apenas escolher as coisas que você mais gosta de pensar e que lhe tragam muitas e muitas razões para se sentir bem, escolher apenas as que mais lhe agradarem e fazer da sua vida, uma verdadeira e maravilhosa refeição de coisas deliciosas

Mudando a sua própria consciência

- quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Desde 1887 até 1990, toda a Ciência ocidental baseava-se no princípio de que, o que acontece agora, num lugar como onde estou agora, no Recife, não teria efeito absolutamente nenhum sobre o que acontece ao mesmo tempo numa outra parte do Brasil neste exato momento, por exemplo, onde está o meu pai em Friburgo. E eu realmente já sabia pessoalmente, que isso não é a verdade. Eu mesmo já realizei várias coisas que somam com o que o Gregg estudou e apresentou.

Gregg Braden, É um cientista que fez um vídeo que gira pela internet, relatando três experiências interessantes que fizeram estremecer as fundações da Física ocidental.

- A primeira foi realizada pelo físico Russo, Vladimir Poponin, no principio da década de 1990. Poponin queria investigar a relação entre o DNA humano e a matéria de que o nosso mundo é feito. Os pequenos pacotes de energia a que chamamos fótons, pequenas partículas de luz, se quiserem pensar nisso desta maneira. Por isso, a experiência consistiu em pegar num tubo de vidro, extrair completamente o ar desse tubo, criar aquilo a que chamamos vácuo e, implicitamente, nada estava dentro do tubo. No entanto, sabemos que algo foi deixado lá. As pequenas partículas de luz.

Poponin mediu essas partículas, para ver como estavam distribuídas. Se elas estavam por toda a parte no tubo, ou se estavam acumuladas no fundo, ou o que é que lhes aconteceu? Os resultados desta primeira parte da experiência não foram surpreendentes. Porque as pequenas partículas de luz, os fótons, estavam todas espalhadas. E era isso mesmo que eles já esperavam. A parte seguinte da experiência, é que é realmente interessante. Colocaram algum DNA no tubo, e quando tornaram a medir os fótons, o DNA humano provocou o alinhamento dos fótons. O DNA teve um efeito direto na matéria que compõe o nosso mundo!

- A segunda experiência é ainda mais fascinante. É uma experiência militar. O que fizeram, essencialmente, foi colher algum DNA humano, alguns fragmentos de tecido do forro da boca do doador ou voluntário. Colocaram o DNA num aparelho que podia medir os seus efeitos, numa sala de um edifício, enquanto o doador desse DNA estava numa outra sala do mesmo edifício.

O que fizeram, foi submeter o voluntário àquilo que chamamos de estímulos emocionais, e iriam obter respostas genuínas das suas próprias emoções de alegria, tristeza, medo e raiva, numa parte do edifício. E mediram o DNA que estava em outra sala, para ver se o DNA seria afetado pelas emoções do doador. O que aconteceria?

Na nossa Física ocidental de hoje, não há nada que, por um lado, sugerisse que aquele DNA ainda estivesse ligado ao doador. Por outro lado, ao realizarem a experiência encontraram absolutamente o contrário. O que concluíram foi que quando o doador estava a ter os seus altos e baixos emocionais numa sala, o DNA estava a ter os altos e baixos emocionais correspondentes, numa outra sala, exatamente ao mesmo tempo.

- A terceira experiência, foi realizada na década de 1990 no Institute of HeartMath. Uma organização pioneira de pesquisa, do norte da Califórnia, onde se concluiu que o coração humano é mais do que uma simples bomba que movimenta o sangue nos nossos corpos. E embora os nossos corações façam isso precisamente, isso é apenas a tarefa menor que os nossos corações realizam.

Estão descobrindo que o coração é o campo magnético mais forte do corpo humano, e que esse campo eletromagnético que é produzido pelo coração tem um efeito que se estende para além dos nossos corpos.

Elaboraram uma experiência para testar precisamente esta teoria. Retiraram o DNA humano e o isolaram, e pediram aos indivíduos que foram treinados para sentir emoções humanas coerentes, emoções muito claras de amor, apreço, compaixão, raiva e ódio, para terem esses sentimentos isolados a cada pedido.

Os cientistas mediram a maneira como o DNA respondia. Concluíram que na presença de apreço, amor, compaixão e perdão o DNA ficava tremendamente descontraído.

E também o oposto é verdadeiro. Na presença da raiva, do ódio ou do ciúme, o DNA atava-se como um pequeno nó.

Cada uma destas três experiências é interessante por si só. No entanto, quando se reúnem todas, deixam de ser experiências isoladas e interessantes, e começam a contar uma nova história melhorada de vida.

A primeira experiência, a de Vladimir Poponin, mostra que o DNA do nosso corpo tem um efeito direto no nosso mundo. Da matéria física de que o nosso mundo é constituído, a nível energético. A última experiência mostra que as emoções humanas têm a capacidade de mudar o DNA, e que isso tem um efeito no mundo que nos rodeia. Mas, a experiência do meio, a que foi levada a cabo pelo exército dos Estados Unidos, mostra que quer estejamos num mesmo edifício ou a 400 milhas dele, o efeito é o mesmo. Não somos afetados pelo espaço e pelo tempo.

E, de fato, os resultados dessas experiências dizem isso precisamente, que você e eu, temos um poder dentro dos nossos corpos que não é regido pelas leis da Física, da maneira como as compreendemos hoje.

Elas podem não merecer, mas você merece…

- terça-feira, 27 de dezembro de 2011

A única pessoa que, precisa e que pode realmente fazer alguma coisa para que, a minha vida seja como eu quero ou como eu realmente desejo, com certeza não é você e muito menos uma outra pessoa qualquer. A única pessoa que pode e precisa fazer alguma coisa por mim, sou eu mesmo e mais ninguém!

É verdade, existem algumas dessas pessoas horrorosas em minha vida, pessoas que, não merecem mesmo os meus bons pensamentos. Em outras palavras, “Elas são realmente más. Elas são ruins. Elas estão erradas! Elas são inadequadas. Elas não merecem de verdade os meus bons pensamentos”, mas a merda é que, na maioria da vezes, eu reajo como um verdadeiro idiota, ajo como uma mula teimosa, ao voltar a querer ter razão, no lugar de querer, desejar e realizar e muito a felicidade, que é o que importa em minha vida

E eu as vezes ainda faço como a maioria faz, eu me recuso a emitir qualquer pensamento melhorado sobre eles. Eles realmente podem não merecer os meus bons pensamentos. Mas eu com certeza mereço e preciso muito deles, porque eu mereço os meus bons pensamentos sobre eles. É isso que a verdadeira Arte da Permissão é. É permitir o meu próprio Bem Estar, não importando como eles ajam em suas vidas.

Todos nós temos pessoas assim na nossa familia e a nossa volta, e em vez de tomarmos as redeas de nossas vidas, prépavimentando nosso futuro com aqulo que realmente queremos viver, pensando em como seria bom se, tudo fosse como nos mesmos queremos, e então, ao contrario, perdemos o nosso precioso tempo, nos dando razão, para voltar a pensar no que não queremos, e assim, só criamos mais do que é, eles continuarão a ser assim, e nós, sofrendo e querendo que eles mudem primeiro, para sermos felizes um dia.

Mude isso a começar de agora, escreva uma verdadeira historia melhorada de sua vida no geral, generalize as coisas, não seja factual, não justifique, e nem pense em concertar coisas ou pessoas, nem mesmo queira ter razão, apenas queira ser feliz.

Comece escrevendo que existe uma vasta cooperação por parte das pessoas a sua volta, e elas surgem sempre com novas idéias de Bem Estar que fluem pra você, que tudo vem pra você muito fácil, e que você nunca vai se cansar dessa experiência física, que ama viver a vida, que nunca se divertiu tanto e se sentiu tão viva e feliz nessa vida, que ama as pessoas que lhe rodeiam, que ama a variedade das pessoas, e que acha tudo muito divertido ao ver a diversidade dos talentos individuais, que os admira, que está cada vez mais apreciando as pessoas que lhes cerca, que ama a natureza cooperativa disso tudo.

E continue nesse caminho em sua narração. Eu amo saber que todos nos estamos sempre apoiando uns aos outros nos nossos objetivos vibracionais, adoro saber que não existe injustiça, eu amo saber que todos recebem exatamente o que eles mesmos oferecem vibracionalmente, e por tanto, tudo está perfeito, eu mesmo só recebo do Universo o que eu mesmo ofereço vibrando, eu amo saber que nunca precisarei deixar alguém ser o responsável, por como a minha vida se desdobra, eu amo entrar nesse modo apreciativo, porque quanto melhor fica, melhor ainda há de ficar, estou completamente ávido por novas experiências, e eu desejo do fundo do meu coração que, todos possam ter até mais diversão do que eu mesmo tenho com tudo isso.

Eu também não me incomodo nem um pouco com os que não estão se divertindo, porque sei que todos têm o mesmo potencial para a felicidade, e que está disponível para todos, eu sou um exemplo vivo da felicidade, eu amo oferecer minha vibração deliberada, eu adoro ver o Universo alinhando as coisas, eu amo ver como as circunstancias e os eventos se alinham para criar evidencias que me mostram como eu mesmo estou indo vibracionalmente.

Eu amo saber que não importa com o que esteja realmente acontecendo agora, eu posso voltar a contar uma nova historia melhorada de vida e esperar por ela feliz, porque ela virá, eu amo saber que nem importa o quão boa seja a minha historia agora, porque ela simplesmente pode, nem sequer estar perto da melhor historia que eu ainda hei de contar.

Eu amo saber que não importando nada do que aconteça, eu sempre vou poder contar uma nova historia melhorada de minha vida, e permitindo que, eles também possam contar as suas, do jeito que eles quiserem.

Todos os dias é, apenas mais uma oportunidade, para eu mesmo aprimorar a minha historia melhorada de vida e brilhar…

- segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

As coisas que eu quero na vida, tudo aquilo que eu realmente desejo muito, todas elas estão vindo pra mim, cada vez mais fácil e mais rapido, as coisas estão vindo mais e mais facilmente, estou começando a entender como realmente o Universo flui, e como as coisas funcionam, estou cada vez mais entendendo esse mundo vibracional.

Estou começando a aproveitar cada vez mais e melhor o meu tempo, prépavimentando mais e mais coisas e até mesmo o meu futuro, estou me tornando muito mais um ser mental e quase que totalmente deliberado, do que aquele antigo ser observador que eu era, sinto isso por não mais reagir a tudo o que se passa a minha volta, já não estou mais reajindo automáticamente a tantas coisas que aconteciam perto de mim, por vontade alheia.

Estou me alinhando mais, estou bem mais sensivel a energia, e eu percebo que todas as vezes que eu sinto uma forte energia negativa, as coisas até podem me levar por algum tempo, pelo caminho errado, mas isso não é de todo uma coisa ruim, isso apenas significa que algo está completamente fora de sintonia com o que eu quero, e estou muito mais intuitivo sobre as pessoas, posso sentir quando elas estão alinhadas comigo ou quando não estão.

Posso sentir quando é vantajoso pra mim interagir com elas e quando isso não é possivel, ou seja estou me tornando muito mais intuitivo, meus sentidos estão bem melhores e cada vez mais afinados com o que eu quero.

Estou fazendo o melhor trabalho de prépavimentação que eu poderia fazer, estou todos os dias, a todo o momento, contando historias de como as coisas estão indo bem pra mim, de como as pessoas gostam de mim, de como eu me saio bem onde quer que eu vá, que as boas idéias continuam a fluir por mim maravilhosamente, como sempre fluiram por mim e pra mim, facilmente, alegremente e constantemente.
Estou sempre me divertindo, e como!

Existe uma vasta cooperação por parte das pessoas a minha volta o tempo todo, sempre novas idéias fluem, e isso é o tempo todo, tudo vem pra mim muito facil, e eu nunca me canso dessa experiencia física, eu amo viver a vida, eu nunca me diverti e me senti tão vivo e feliz nessa vida como agora, eu amo as pessoas que me rodeiam, eu amo a variedade das pessoas e dos seus mundos, tudo é muito louco e divertido, eu posso ver a diversidade dos talentos de cada uma delas, eu admiro que time maravilhoso formamos, estou cada vez mais apreciando as pessoas que me cercam, eu amo a natureza cooperativa disso tudo.

Eu amo saber que todos nos estamos sempre apoiando uns aos outros nos nossos objetivos vibracionais, adoro saber que não existe injustiça, eu amo saber que todos recebem exatamente o que eles mesmos oferecem vibracionalmente, e portanto tudo está perfeito, eu mesmo só recebo do Universo o que eu mesmo ofereço vibracionalmente a vida, eu amo saber que nunca precisei e nem precisarei deixar alguém ser o responsavel, por como a minha vida se desdobra, eu amo entrar nesse modo apreciativo, porque quanto melhor fica, melhor ainda há de ficar, estou completamente avido por mais experiencias, e eu desejo do fundo do meu coração que, todos possam ter a mesma diversão que eu tenho com tudo isso.

Eu também não me incomodo nem um pouco com os que não estão se divertindo, porque sei que todos eles tem o mesmo potencial para a felicidade, e está disponivel para todos que quiserem experimentar de verdade, eu adoro ser o exemplo vivo da felicidade e da simplicidade, eu amo oferecer minha vibração deliberadamente, eu adoro ver todos os fatores Universais alinhando as coisas, eu amo ver como as circunstancias e os eventos se alinham para me proporcionar evidencias concretas, evidencias que me mostram claramente como eu mesmo estou indo vibracionalmente perante a vida.

Eu amo saber que não importa o que esteja realmente acontecendo agora, pois eu posso voltar a contar uma nova historia melhorada de vida e esperar por ela feliz, porque ela virá, indubitavelmente, eu amo saber que nem importa o quão boa seja a minha historia agora, porque ela simplesmente pode, nem sequer estar perto da melhor historia que eu ainda posso contar.

Eu amo saber que não importando nada que aconteça, eu sempre vou poder contar uma nova historia melhorada de minha vida, e estar ainda mais feliz em saber e permitir que, você também possa contar a sua, do jeito que você quiser.

Cuide de sua prosperidade…

- segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Você tem que encontrar um jeito, de qualquer maneira, um meio eficaz de ficar de bem, com a sua própria prosperidade, porque você estará sempre querendo prosperar. A economia sempre esteve avançando em resposta aos desejos das pessoas. E privar-se de algo, seja de; ter uma casa melhor, fazer uma viagem maravilhosa, sair e comer nos melhores restaurantes, ter um carro melhor ou até mesmo de ter muita grana sobrando, deixar de fazer tudo isso que é bom e que todo mundo gosta, não faz você e nem qualquer outra pessoa passar a ter mais dinheiro para gastar depois, de maneira alguma.

Agora mesmo se não houvesse as milhares de pessoas que estiveram e ainda estão comprando muitas coisas, como neste natal e agora pro ano novo, então todas as pessoas que estiveram trabalhando na fabricação e outras que agora estão na comercialização destes produtos, teriam que encontrar outras maneiras de fazer a sua vida.

Há tantas pessoas que por natureza querem prosperar, mas que logo que começam a prosperar um pouquinho só, começam a tentar impor a si e a todos as crenças negativas que adquiriram sobre o quanto se deve prosperar é o que é apropriado: É apropriado prosperar muito, mas não muito. Na verdade, o que eles deveriam se perguntar é; Em que ponto eu posso perder o alinhamento com a prosperidade?

Porque sempre que pintar uma pequena preocupação, por menor que seja, você com toda a certeza, já não está mais de bem com a sua própria prosperidade, porque preocupar-se é usar a sua própria imaginação para criar aquilo que você mesmo não quer, sempre!