Exclusão Digital… Mais que uma vergonha! Um apartheid digital?

6 de março de 2011 por
Publicidade

Preste bem a atenção ao que o sociólogo Sérgio Amadeu da Silveira, autor do livro Exclusão Digital deixou publico e notório; “a exclusão digital, além de ser um veto cognitivo e um rompimento com a mais liberal das idéias de igualdade formal e de direito de oportunidade, a exclusão digital impede que se reduza a exclusão social, uma vez que as principais atividades econômicas, governamentais e boa parte da produção cultural da sociedade vão migrando para a rede, sendo praticadas e divulgadas por meio de comunicação informacional.”

Como pode o Brasil sonhar em fazer parte do primeiro mundo convivendo com a exclusão digital?

O sociólogo ainda pergunta, “afinal, quantos gênios da informática não estão escondidos pela ignorância e pelo apartheid digital em nosso país?”

A ONG Vibre Leve Inclusão Digital e Bem Estar quer o apoio dos governadores e prefeitos para fazer a inclusão digital virar uma realidade, já, agora! Sem nenhum custo financeiro para os órgãos públicos, não queremos verbas publicas, queremos apenas um engajamento oficial, para que as autoridades lutem pelo engajamento de seus funcionários como voluntários da ONG Vibre Leve, para ser voluntario é bem simples e não custa nada, basta se cadastrar seu e-mail e convidar seus amigos e isso é totalmente grátis para todos.

Estamos iniciando nossa jornada de Inclusão social pelo estado de Pernambuco, porque tanto a ONG quanto a rede social Vibre Leve, nasceram aqui, mostrando o valor da juventude pernambucana na área de TI, em buscar soluções para o país.

Da onde vem o dinheiro para distribuir notebooks e bancas de Inclusão Digital?


Nossas bancas de Inclusão Digital darão um banho de visibilidade, tanto para a ONG, quanto para a rede social Vibre Leve, e ninguém jamais poderá dizer que está de fora porque não as conhece.

Os recursos virão das grandes empresas privadas que já gastam milhões em publicidade na internet, a nossa ONG já tem a sua própria rede social Vibre Leve.com, contando com o engajamento das autoridades, artitas locais e globais e da própria população através das escolas publicas, com o cadastrando dos pais ou responsáveis e seus alunos para eles mesmos serem atendidos pela ONG, e fazendo um convite as escolas privadas a adotarem as escolas publicas para que o mais rápido possivel cada uma delas possa ter a sua banca de Inclusão Digital instalada para o uso de seus alunos durante a parte do dia e de seus pais ou responsáveis no período noturno, só no estado de Pernambuco podemos passar de seis milhões (6.000.000) de voluntários.

Nossas bancas terão publicidades nas laterais de patrocinadores da inclusão digital no Brasil, já estamos cadastrando empresas e voluntarios da Europa, Asia e dos EUA que já fazem doações para a ID.

Como a meta da ONG Vibre Leve é também o Bem Estar, além da inclusão digital, usaremos dez por cento (10 %) das verbas de patrocínio da rede social Vibre Leve para realizar um dos desejos que qualquer voluntario que já tiver colocado em sua “Caixa de Desejos”, basta ficarem atentos as tarefas que iremos avisar pela própria rede social e também usaremos o critério de visitas diárias a rede social dos desejos Vibre Leve o que fará milhões de pageviews diários, o que realmente aumentará ainda mais o interessa das grandes empresas que investem pesado em grandes redes sociais.

ISSO É TOTALMENTE VIAVEL E EXEQUIVEL.

Só no final do ano o estado de Pernambuco emitiu duzentos e quinze mil (215.000) contracheques de 13º a seus funcionários, contava com 940.000 alunos matriculados na sua rede estadual, se cada aluno cadastrar seus pais já seremos 2.820.000, mais os funcionários convidando apenas mais dois amigos ou parentes, teremos mais 645.000, só nessa brincadeira já teremos 3.465.000 voluntários/usuários só no estado de Pernambuco, isso sem contar com todas as prefeituras do estado e seus alunos da rede municipal.

Pense bem! Nosso cadastramento é nacional, só com o nordeste encostaremos com certeza nas maiores redes sociais estrangeiras como o Facebook que tem hoje no Brasil 13 milhões de usuários, e podemos sim, até o final do ano passar o Orkut que tem hoje 27 milhões de usuários, fazendo o orgulho de ser brasileiro também brilhar nesse campo, com a possibilidade real da rede social Vibre Leve ser a primeira rede social genuinamente brasileira desbancar as maiores redes sociais do mundo.

Para se ter certeza de que dinheiro para realizar isso, tem e muito. Veja apenas o exemplo da UOL que só é mais um site de conteúdo, não tem o status de uma rede social, tendo apenas algo em torno de dois milhões de usuários. Na sua tabela de publicidade que qualquer um pode verificar na sua home page, tem anúncios que vão de duzentos mil reais (r$ 200.000,00) por hora a outros de novecentos e cinqüenta mil reais (r$ 950.000,00) por dia, o próprio Bradesco o banco oficial do estado de Pernambuco está sempre na capa do Uol.