Existe mesmo a diferença entre historias e estórias?

9 de fevereiro de 2011 por
Publicidade

Para mim este é mais uma das muitas crenças limitantes criadas pelo ser humano, cada pensamento já é, você vive o que você pensa e sente, portanto, você é, e o seu futuro é apenas o seu próximo pensamento, todo pensamento já pensado é passado, apenas o que você sente é o seu presente, o seu agora.

Preste bem atenção nisso, se você não vive o que já desejou ao se deparar com um contraste é porque você se voltou para observar novamente o contraste e está focado na falta desse desejo que você mesmo já criou ao pensar e sentir, ele apenas não reuniu energias o suficiente para que você mesmo possa interpretá-lo vibracionalmente, porque você deixou de emanar no seu agora, a energia na mesma vibração que você mesmo o criou, ao sentir a falta do desejo, essa energia é densa, e é completamente incompatível com a energia leve do desejo, na verdade, são apenas vibrações diferentes que você mesmo está emitindo para um mesmo pensamento que já foi pensado e criado pela sua vibração leve na hora da criação.

Não importa qual o desejo, espiritual ou material, grande ou pequeno, isso é apenas mais uma das muitas crenças limitantes, por que tudo é pessoal quando você vibra, e não existe esta separação de espírito e matéria, tudo é apenas a mesma energia vibrando em freqüências diferentes.

Muitos lêem, mas não crêem, por estarem ainda cheios de crenças limitantes, dizem, isso é grande demais pra mim, coisas grandes requerem muito esforço, coisas materiais não são importantes, as espirituais sim, e ficam se apegando a bobagens, acompanhe esse meu raciocínio, na realidade vibracional elas só ficam experimentando um lado da mesma maça que elas mesmo já criaram, e o pior, o lado estragado, o lado da falta, a falta do gostoso da maçã, da falta do cheiro, da falta do sabor, da falta da textura, da falta da beleza e também do maravilhoso som de uma deliciosa mordida, e esquecem de se virar pro lado onde está tudo o que já desejou, sua linda maçã vermelhinha, cheirosa, saborosa e com gosto de quero mais.

Como sei para onde estou focando? É simples, se você está se sentindo mal, ou apenas um desconforto ao pensar no objeto de desejo, você está ligado no lado podre da maçã.

Se você está se sentindo bem, e nem é preciso chegar perto da maçã. Mais você já sente ela pelos seus cinco sentidos, ela está sendo atraída pra você, você nem precisa colher, alguém lhe trará, ou ágüem se esbarrou no pé e ela vai pular no seu colo, ou um vento muito forte baterá e soprará ela em sua direção, porque tudo isso é a Lei da Atração trabalhando pra você.