A jornada de um desejo

20 de dezembro de 2010 por
Publicidade

A jornada…

A jornada de um desejo até a sua realização é totalmente emocional, toda ela é vibracional, seja da doença para a saúde ou da saúde para a doença, se você deseja verdadeiramente uma coisa, eu quero isso realmente! Você deve senti-la antes de tê-la, deve buscar se sentir um pouquinho melhor e permanecer subindo na escala emocional até encontrar a esperança, a apreciação e em fim obter expectativas felizes da chegada.

A melhor frase que já li e ouvi sobre a perfeição foi ao ver o livro e rever no filme; Fernão Capelo Gaivota, “a perfeição é desejar estar lá, e sentir-se lá, agora”!

Não é pensar, falar ou escrever sobre algo que está vivendo, sobre sua atual e momentânea realidade e depois sobre o que gostaria de estar sentindo, e ainda não está, é pensar, falar e escrever sobre como esta se sentindo agora, neste exato momento durante este percurso que se faz entre o não ter dinheiro e o ser muito rico, é descrever exatamente a sensação que está sentindo ao iniciar uma jornada de uma pessoa não realizada ao sucesso absoluto.

Para conseguir entrar nessa jornada vibracional (emocional), só é preciso para de criar resistências, para de pensar em coisas que te leve de volta ao inicio de sua jornada, ou deixar de estar dividido, jogando energia hora para a onde você ainda está e em outro momento para onde você quer estar.

Vou exemplificar isso com uma coisa muito simples, mas, que acontece todos os dias e a maioria nem percebe, e o “perceber e sentir é tudo”, sempre quando você esteve muito debilitado em seu corpo físico, é porque você mesmo está jogando toda sua energia para onde se está, ligado na dor, ligado na doença, então o que a medicina ou o médico faz? Eles te dopam, para que você, ser físico, para que o seu cérebro não continue criando resistências ao seu Bem Estar, e assim todas suas células podem voltar a desejar e fazer contato com a fonte que é puro Bem Estar. Quando você dorme as células do seu corpo realizam o seu próprio desejo de viver o Bem Estar, quando você desperta elas voltam a cumprir as suas vontades, o que você está sentindo, o que você está vibrando.

Você já percebeu que quando você volta de uma cirurgia com anestesia, sua boca fica seca, isso é sinal que a maioria das partes do seu cérebro estava desligada, acredito que a grande maioria dos alunos quando vão fazer provas e se dão muito mal, sentem a boca seca ao sentir o medo, o que teriam que fazer neste momento é simples, apenas se concentrar em colocar saliva em baixo da língua ou levar um TicTac no bolso e nesse momento colocá-lo na boca que voltariam a colocar seu cérebro completamente ligado e poderiam assim ter acesso as informações armazenadas, isso só é para quem estudou a matéria, para quem não estudou, o melhor seria dar a intenção de saber tudo, e ficar uns quinze minutos antes da prova se concentrando exclusivamente na sua respiração, o ar entrando e saindo, se algo vier em sua mente, voltar a se concentrar exclusivamente na sua respiração, foi assim que todos os gênios da humanidade descobriram e inventaram coisas que nunca tinham pensado muito menos estudado, lembre-se, quando tomamos um porre e vem o sono, ao acordar sentimos a boca seca, desligamos o cérebro para voltar a recuperar as energias, o sono é só para recuperar as energias, e fazer você voltar ao contato com a consciência infinita que sabe tudo, mais nada.

Uma coisa muito louca, uma verdadeira e grande incongruência, a sociedade como um todo condena as drogas o álcool, embora todos achem maravilhoso, coisas de gênios criativos, de seres especiais as letras e as melodias, as pinturas e as esculturas que a maioria criou drogado ou embriagado, eles ao se doparem, ao se distanciarem da sua mente, tiveram acesso a consciência infinita, porque um atleta dopado leva vantagem? Porque se desligam da dor e da realidade e se ligam na consciência infinita do Bem Estar que sabe tudo e assim não tem resistências ao seu desejo, vencem qualquer prova, mas, a sociedade diz que se tem que suar e vira e mexe deparamos com muitos atletas vencedores que eram dopados de uma certa forma, só que para ter acesso a essa consciência infinita você só precisa apenas se dopar com a sua alegria, nem mesmoprecisa tomar um porre, só quando você mesmo não consegue, como é o caso de quem esta muito doente, deu para entender que quem está doente é apenas uma pessoa que não está incluindo alegria em sua vida?

Então como eu faço para ter uma jornada feliz? Não existe um caminho certo ou um único caminho, não existem regras, é você mesmo, exclusivamente você, é quem tem que encontrar logo no inicio algo que te dê o menor alivio, e depois seguir a sua felicidade com o que você encontrar ou que sabe que funciona com você, sem essa de copiar o que deu certo para o fulano ou beltrano, você apenas tem que encontrar um jeito simples de encontrar um alivio, depois a alegria e ir subindo na sua escala emocional para então fazer girar sua energia de uma certa forma que venha a criar o seu vórtice criativo, seu redemoinho de emoções, seu furação de alegria, seu orgasmo mental.

Uma jornada feliz de se ter acnes e se desejar ter uma pele perfeita, se faz, vibracionalmente, emocionalmente, eu devo saber primeiro onde estou, para despertar o meu desejo, o contraste sempre desperta em mim um rojão de desejos, então eu me vejo com acnes e digo com toda minha emoção isso é o que eu não quero, e como não existe exclusão, eu não posso voltar a incluir acnes sem deixar de tê-la, eu tenho que me concentrar no que eu desejo e incluir só uma pele perfeita no meu pensamento, na minha fala, no que eu escrevo, eu dou minha total atenção não dividida ao que eu quero, ao menor pensamento de acne eu volto ao ponto de partida eu estou voltando a incluir ela na minha vida e as minhas células voltam a reproduzi-las porque eu mesmo as inclui ao pensar, e me sentir mal.

Sem essa de ficar se lamentando porque voltou a pensar, isso só piora as coisas, é só mais inclusão do que você não quer, então, de uma risada, ria de seus deslizes, e volte o mais rápido possível a só pensar, falar e escrever sobre o seu sentimento de satisfação de viver o seu desejo no aqui e agora.