Arquivo de outubro de 2010

Vibre Leve Inclusão Digital e Bem Estar foi registrada dia 28/10/2010

- sábado, 30 de outubro de 2010

Dia 28 foi um dia fantástico, foi o dia em que se materializou um desejo que eu venho tendo a mais de três anos, a legalização da (ONG) Associação “Vibre Leve Inclusão Digital e Bem Estar”, eu quando idealizei essa ONG, cheguei a chamar a Luciene Lima, mas, na época não deu para iniciar por algum motivo e eu resolvi então montar a rede social Vibre Leve que faz mais de dois anos no ar, agora eu volto a convidar a Luciene para participar da ONG, e a todos vocês para fazer uma coisa muito legal para esse Brasil que amamos tanto, Vamos cadastrar comunidades e crianças que não tenham condições de ter internet, vamos implantar bancas tipo as de jornal, só que em formato de Lan House, toda climatizada, com onze computadores cada, um para o voluntário que tiver de plantão administrar a banca, e dez para acesso, onde as pessoas poderão aprender a mexer no computador, a navegar na Net, a acessar as redes sociais, a encontrar desejos, a estudar e se comunicar com o mundo e principalmente poder ter acesso a muita informação.

Outra coisa que faremos é uma distribuição de notebooks com acesso a internet, para menores de 16 anos, iniciaremos com uma brincadeira que marcou muito minha infância, eu me lembro da campanha “eu quero a minha Caloi”, onde as crianças passaram a escrever o seu desejo de ter uma bike, e colavam esses bilhetes em tudo que era lugar, e acabavam ganhando a sua sonha Caloi, nunca se vendeu tanta bicicleta no Brasil, eu mesmo ganhei duas Caloi e uma Monareta. Decidi fazer uma campanha que terá inicio em todas as escolas que se cadastrarem. “Eu desejo vibrar positivo”, já entrei em contato com a Microsoft que já tem uma boa política para ONGs, tendo que apenas adequá-la para atender agora a uma ONG nacional que atuará em todos os municípios do Brasil, já está sendo feito o projeto das bancas para logradouros públicos e quiosques para shoppings, pela W Sita de São Paulo, a maior fabricante de banca de jornais e também está sendo estudada a grande parceria com a fabricante de computadores e notebooks a Positivo Informática, para que saia os notes já com a Logo da ONG VL, adoro desejar, permitir e realizar coisas.

“Eu desejo vibrar positivo”

- quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Eu me lembro com carinho dessa propaganda que aparece no vídeo abaixo, foi uma campanha publicitária que marcou época; “Não esqueça da minha Caloi”.
Toda criança colava um papelzinho escrito, “Não esqueça da minha Caloi”. Em tudo que era lugar, no armário do banheiro, na geladeira, no volante do carro do papai, na bolsa da vovó, e acabava mesmo ganhando a sua tão desejada bike.

E é nesse clima de desejo deliberado, que a ONG Vibre Leve iniciará a sua campanha nacional.
“Eu desejo vibrar positivo”.

A ONG Vibre Leve tem como objetivo inicial a implantação de cinqüenta (50) bancas Lan House por mês, todas climatizadas, com 10 computadores para acesso a internet grátis e mais um para controle, colaborando assim com a inclusão digital em todos os municípios do Brasil.

A ONG Vibre Leve pretende também iniciar a distribuição de notebooks com acesso a internet por moldem de alguma operadora local para crianças menores de 16 anos que os pais ainda não tenham condições de lhe prover essa ferramenta poderosíssima, a principio serão 100 notebooks.

Voluntários no Brasil inteiro farão os cadastramentos de comunidades e localizações de pontos para a colocação das bancas Lan House Vibre Leve, além de cadastrar as crianças que desejam ter o seu notebook e internet grátis.

O critério de implantação das bancas nas cidades e localidades será o mesmo que ira decidir quais as crianças que receberão seus notebooks em primeiro lugar a cada mês, sempre será as comunidades e a garotada que mais arregimentar pessoas para a campanha; “Eu desejo vibrar positivo”.

Agora você tem onde colocar seus desejos realizados

- quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Para você dar mais foco aos desejos que ainda quer realizar, e não ficar com a sua caixa de desejos, cheia de desejos já realizados, ou nem sequer pensar em apagar ou excluir eles, afinal é sempre muito bom  ver o que já realizamos, criamos um local especifico para que você sempre que quiser poder ir lá e apreciar muito as suas maravilhosas criações.

ESPERO QUE VOCÊS GOSTEM E SE DIVIRTAM MUITO REALIZANDO SEUS DESEJOS.

Qual a parte mais difícil de se ficar muito rico na vida?

- segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Se você não prosperar em todos os sentidos, principalmente o financeiro é porque você com certeza não está passando a maior parte do seu dia feliz e em contentamento.

Ser feliz e contente e não ter todos os seus desejos realizados, isso desafia a Lei…

O bem e o mal existem?

- segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Na realidade só existe um fluxo, o fluxo do Bem Estar, o seu mal estar é você andar na contramão do fluxo do Bem Estar. Então a resistência ao seu fluxo normal de Bem Estar te faz se sentir mal.

O que existe realmente é você mesmo se sentir bem ou se sentir mal, tudo se passa na sua mente, em seus pensamentos, assim como a saúde e a doença, quanto mais você estiver no fluxo do Bem Estar, mais saúde física você tem, quanto mais resistência você cria ao fluxo, mais mal estar você vai sentindo, começa com pequenos desconforto, gripes, dores, depois dores crônicas, até virar uma doença grave, tudo para que você mesmo volte o mais rápido possível ao fluxo do Bem Estar.

Somos puras energia, energia que não tem inicio nem fim, somos feixes de consciência da fonte do Bem Estar (algo como a sua imagem e semelhança a Deus), criamos tudo através do nossos pensamentos, e todo pensamento muitas e muitas vezes pensado vira uma crença que começa a atrair mais e mais pensamentos semelhantes, e então esses pensamentos provocam várias emoções que na realidade são apenas vibrações diferentes da mesma energia do fluxo, essas emoções acopladas aos pensamentos repetitivos, transformam simples crenças comuns em poderosíssimas crenças dominantes, aquelas que determinam nossos futuros pensamentos automáticos e crônicos sobre quaisquer tema; saúde, relacionamento, dinheiro e tudo mais na vida, tudo que realmente dediquemos a nossa atenção não dividida.

A coisa mais idiota na vida é alguém tentar parar de pensar em alguma coisa, é ser contra alguma coisa, é tentar excluir alguma coisa da sua vida, assim como não existe dois fluxos, assim como dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo, você não pode se sentir bem e mal ao mesmo tempo, o pensamento ruim não existe, existe ausência do pensamento bom, doença não existe, o que existe é a ausência da saúde, emoções negativas é só a ausência das emoções positivas em sua vida, e é o seu foco que decide o que você vive.

Vivemos num mundo de total atração, semelhantes atraem semelhantes, e nesse mundo de atração só existe a inclusão, jamais existiu exclusão, você dá o seu foco ao que não quer e inclui e atrai isso, você dedicou seu tempo, sua total atenção não dividida nisso incluiu mais disso.

Agora para criar e viver o que você mais deseja na vida que é liberdade, felicidade e expansão, é preciso pensar deliberadamente, pensar exclusivamente no que você quer, dar sua total atenção não dividida a isso, dar seu foco a isso e criar prazerosamente mais e mais pensamentos semelhantes à felicidade que isso já está te provocando agora, só em pensar nisso, e que vai se intensificar ainda mais na hora da sua manifestação, na hora da sua materialização, ou seja, quando virar a sua realidade.

Sua realidade é apenas tudo aquilo que você dedica o seu total foco não dividido.

Novo Uno da Fiat continua sendo o “desejo”.

- quinta-feira, 14 de outubro de 2010

O Novo Uno da Fiat continua a ser um forte desejo na rede social Vibre Leve, cada dia mais pessoas desejam esse carro que já vem com o conceito de liberdade de escolha, seja em cores e variações em seu visual, eu adoro tudo que me transmite a sensação de ser livre, feliz e expansivo.

Todos nós nascemos para; desejar, permitir e realizar

- quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Tudo que fazemos nessa vida, desde o estado de embrião fecundado até o que somos hoje, homens, mulheres ou gays, tem um só sentido, um só objetivo, a própria vida!

E para isso precisamos ser; livres. Felizes e expansivos.

Se você se tocar, nós já nascemos de um desejo, se não existisse o desejo nenhum de nós estaríamos aqui e agora, e já nascemos desejando, desejamos copiar tudo a nossa volta para poder desde já, ter o tesão de experimentar a vida, a principio curtimos cada emoção de nossa mãe, das pessoas mais próximas, e das outras que passamos perto também, felizmente ainda bebê passamos mais parte da nossa vida dormindo, ou seja passamos a nossa maior parte do dia sendo ainda mais o eu interior do que esse ser físico ainda em formação, quando estávamos babando muito era os momentos de maior atividade cerebral, onde fisicamente colocávamos todo o nosso cérebro para funcionar, tudo para prover tudo que esse corpo físico precisava para se expandir, percebeu? Que coisa fantástica é a vida!

Muita gente reclama da coisa mais importante da vida, que é o “contraste”, e ainda pior, despreza ou não dá o devido valor à única coisa que nasce desse encontro maravilhoso com o contraste e que expande toda a vida, que é o “desejo”, sem essas duas coisas não existiria, liberdade de escolha, sem escolha não haveria felicidade e sem a felicidade não haveria a expansão de tudo a nossa volta.

Repare que cada objeto que você utiliza hoje, nasceu de uma decisão de, ao se deparar, encarar um contraste e assim sabendo o que não queremos passamos a ter certeza absoluta do que queremos, e assim passamos a desejar o que realmente queremos, e dai mesmo onde estamos, neste estado ainda de falta, a única coisa que precisaríamos fazer para voltar a ser feliz, ao estado de felicidade absoluta é passarmos a só focar deliberadamente na felicidade que isso que então passamos a desejar muito e que vai nos trazer na hora da sua materialização ainda mais felicidade, e então passar a ficar na espera feliz, tendo expectativas positivas de que isso vem, não importa como, quando ou onde, o que importa é essa felicidade de sentir a própria felicidade disso que desejei aqui e agora, nesse maravilhoso lugar, único, poderoso e magnífico, onde eu, agora esse ser físico, essa consciência que percebe, tenho o poder de criar mundos, e eu crio tudo através de meus atuais pensamentos, meu foco atrai mais pensamentos semelhantes, que atrai pessoas, que atrai coisas e que atrai eventos para eu ser ainda mais feliz.

Entendeu como é a vida? Ela é fantástica!

Tudo na vida é só uma experiência de vida e eu tenho escolhas, eu nasci numa família pobre, desejei ser rico, nasci numa família que era testemunha de Jeová, que me podava, que tentaram muitas e muitas vezes, de todas as maneiras me tirar a minha liberdade, e eu assim, desejei mais, mais e mais ser livre, hoje eu vivo num país livre e que de vez em quando aparece mais um contraste como é o caso do PT, com o Lula e essa sua criação e seus projetos de tentar me fazer perder o que eu mais amo nessa vida, que é ser livre, feliz e expansivo, mas, isso só está ai para que eu possa voltar a desejar ainda mais, a eu voltar ao meu propósito de ser livre, feliz e expansivo, porque assim como a vida nada tem fim, muita gente utiliza isso só para se sentir mal, ficam com raiva, sentem as mais diversas energias ruins , emanam e recebem emoções negativas como o medo, mas, sem pivotar, não adianta nada, só aumenta o nosso sentido de falta e damos cada vez mais foco para que isso que não queremos ou desejamos se mantenha incluído no nosso mundo.

Eu não posso excluir nada, só posso incluir o que eu quero.

A coisa mais engraçada da vida é que, embora todos nós sermos seres maravilhosos com o poder de criar mundos, ficamos presos pelas nossas crenças dominantes, esquecemos que uma crença é só um pensamento pensado, pensado e pensado muitas e muitas vezes e ela só se torna dominante ao a envolvermos com emoções, sejam elas negativas ou positivas, e tudo que está ai de ruim ou maravilhoso é tudo criação nossa, é o mundo que depositamos nosso foco não dividido.

Hoje eu estava vendo um vídeo onde uma professora que quer muito seus milhões de dólares, mas, tem uma crença de que como professora nunca chegará a ter os seus milhões, e então usa sua segunda crença limitante, de que tem que fazer algo, qualquer coisa para mudar isso, porem ela quer fazer qualquer coisa ainda se sentindo mal por não ter os seus milhões, ela nem percebe que está mais focada na falta, mais focada ainda no que provocou esse desejo, do que no seu próprio desejo, e com isso só está incluindo mais falta do que quer, do que ainda deseja.

Assim como o nosso Presidente da Republica a nossa professora deste relato, todos querem realizar seus desejos de serem livres, felizes e expansivos, podando exatamente isso dos outros, passando isso para os outros através de pensamentos e ações fora de sintonia com o fluxo do Bem Estar.

Todos tentam te vender e fazer você cultuar o medo e o fazer para quem sabe talvez realizar algo, não importa fazer o que, um grita com a sua voz rouca, cuidado companheiro, vão te tirar isso, como você vai comer sem a bolsa família? A outra diz baixinho no ouvido, da criança, você precisa fazer isso para ser alguém e ter alguma coisa na vida (embora ela mesma não tenha), e ela diz, pense bem, quem você vai ser sem ter uma faculdade? (talvez um Silvio Santos, um Bill Gates ou um Mark Zuckerberg)

Ambos metem o medo em tudo para assim quem sabe eles terem mais gente pensando iguais e quem sabe juntos, atingirem a felicidade.

Só que, se todos nós fossemos iguais, não existiria expansão.

Um desafio…

Eu desafio qualquer um ser nesse mundo a criar o que quer de verdade, o que deseja realmente, a partir do estado de medo e do fazer, da ação física, tudo que se cria com o medo e o fazer por fazer é, mais falta do que se quer ou do que se deseja.

Lula não chegou ao poder focado no medo de perder, afinal ele não tinha nada mesmo para perder, nem o emprego, nem a comida de graça, nada mesmo, como sindicalista ele não precisava fazer nada a não ser sonhar com o que queria enquanto os outros trabalhavam duro para sustentar seu desejo de ser livre, feliz e expansivo, ele chegou lá, se sentindo bem em pensar em como é bom, em como é maravilhoso ter o poder nas mãos, em poder viajar pelo mundo afora, poder mandar, poder colocar seu nome na história, de ser um filho de um retirante e passar a ser o Presidente da nação e isso lhe trazia alegria, nunca medo.

Tudo que existe nesse mundo foi criado pelo pensamento deliberado de alguém e seu foco não dividido na felicidade do resultado final de que isso ira lhe trazer na sua materialização, o que não passa de mais um inicio de um novo desejo, porque são os desejos que expandem tudo, nem é preciso ir muito longe para mostrar isso na prática, seu celular mesmo, o primeiro era um tijolão, mal ele foi criado, alguém lançou um novo desejo de tê-lo menor, e logo outro desejo nasceu de ter outras formas, e mais desejos de ter acoplado a função de radio, e depois a de tirar fotos e agora o de traduzir voz para que você possa ter a liberdade de me expressar sem ter que perder seu precioso tempo de ser feliz em aprender outra língua dentro de uma sala de aula.

Tudo porque palavras não ensinam nada a ninguém…

Experiências de vida sim.

Um vôo solitário

- terça-feira, 12 de outubro de 2010

Quando sonhamos com algo grande, esse vôo às vezes é um vôo muito solitário, vou descrever um exemplo bem simples de uma pessoa que tem uma vida humilde, ganha pouco, mas, de uma hora para outra descobre que pode sonhar grande, e então decide sonhar com algo realmente grande pra ela, vamos dizer que ela mora no Ibura, um bairro pobre do Recife e decidiu desejar um apartamento em Boa Viagem de frente pro mar, e se ela revela esse desejo para alguém de seu convívio, para algumas pessoas que moram em suas casinhas pequeninas lá no Ibura 4. imediatamente todos vão chamá-la de louca, de uma pessoa fora da realidade, de sonhadora, alguns de um aloprada, a maioria vai tentar tirar isso da cabeça dela, vão dizer pra ela; bota os seus pés no chão criatura, isso não te pertence, e por ai vai.

Infelizmente, ela, essa pessoa pode até conhecer alguém que já tenha um apartamento em Boa Viagem, mas é praticamente impossível ter acesso a essa pessoa para poder falar ou trocar idéias sobre seus sonhos, isso por várias razões, a principal é que quem já está morando ali onde ele deseja, já tem outros sonhos maiores, está sonhando em passar as férias na Europa, mas, se ela tivesse condições de dialogar com alguém que já mora em Boa Viagem, com certeza muitos, não todos, lhe diriam que é sim possível ele vir a realizar esse desejo de morar em Boa Viagem, e dariam total apoio mostrando fatos de pessoas que saíram do nada e conseguiram coisas até maiores que isso.

Então se o cara tem realmente vontade de realizar seu desejo terá de fazer essa viagem solo, terá de ficar feliz sozinho, muitas e muitas vezes, imaginando seu apartamento, decorando seu apto mentalmente, sentindo uma felicidade enorme em receber visitas imaginárias a principio até poder finalmente materializar esse desejo.

Quando estamos nesse redemoinho de emoções positivas, vivenciamos o desejo, ele já é nosso, e temos de ficar focado na felicidade que isso trás para não sofrermos ou ficarmos doentes de fato na vida real, isso mesmo, sentir isso fisicamente, isso porque é impossível se tornar uma coisa e não viver essa coisa, é como se ter muito dinheiro e perder tudo de uma só vez e não conseguir se reerguer, ninguém que já teve muito dinheiro consegue viver bem, feliz e realizado com pouco dinheiro, isso desafia o fluxo de Bem Estar que é feito de liberdade, felicidade e expansão.

Sem a expansão individual não existiria a expansão do Universo, somos nos realmente, que expandimos tudo, nos tornando emocionalmente o que desejamos fisicamente ao encontrar um contraste nessa vida, e é sempre bom lembrar que para quem não tem nada, qualquer coisa a mais é muito bom, mas para quem já teve muito, só mais do que isso pode lhe satisfazer, fora disso é pura ilusão, é pura resistência ao seu próprio Bem Estar.

A felicidade só depende do meu foco deliberado

- terça-feira, 12 de outubro de 2010

Quando nos descobrimos que a felicidade não depende dos resultados do que os outros fazem para eles ou mesmo para nos, mas que ela é simplesmente o resultado do nosso foco deliberado sobre o que nos realmente queremos, finalmente encontramos a liberdade que é o nosso desejo mais forte. O desejo mais intenso.

Quando realmente compreendemos como isso funciona, tudo o que nos já desejamos desde pequenos, tudo aquilo que nos já desejamos durante todos os momentos de nossa vida, desde criança até agora o momento atual começa a vir em sucessão pra nossa experiência de vida, e muito mais fácil será atrair e até mesmo materializar os nossos atuais desejos.

O controle sobre como nós nos sentimos, sobre as respostas as coisas a nossa volta, sobre a nossa resposta sobre os outros e também sobre as mais diversas situações que nos deparamos, não só apenas é, a chave para a nossa felicidade mais consistente, mas para realizar tudo aquilo que realmente desejamos muito também.

Em termos mais simples, se não estamos felizes com a gente, não é feliz com os outros, e com nós mesmos, se eu não estou feliz com minha própria vida, qualquer ação física que eu faça, só aumentará ainda mais a resistência ao que eu desejo, porque qualquer ato tomado que se inicie de um estado de falta é sempre inútil, é completamente contraprodutivo.

Dar o meu total foco não dividido ao que eu realmente quero, é tudo o que eu realmente preciso fazer para realizar todo e qualquer desejo que eu queira muito mesmo, lembre-se é preciso desejar muito, qualquer um, não importa se esse desejo é pequeno como; brincar na areia da praia ou um grande desejo como o de ter um Iate maravilhoso, capaz de levar o meu carro predileto, especial e maravilhoso para eu poder passear e ficar ainda mais feliz em qualquer parte do mundo, isso não importa, ele vem, agora!

Eu desejo meu país livre, feliz e em eterna expansão.

- domingo, 10 de outubro de 2010

Sou a favor da vida, da liberdade, da felicidade e da expansão em todos os sentidos, para isso é preciso que tenhamos exemplos de mudança de vida, precisamos através de nosso exemplo pessoal, fazer essas crianças que seus pais as mantém no foco da experiência única de sobreviver, encarem isso só como mais um contraste e que elas voltem a sonhar, voltem a desejar.

No nordeste do bolsa família, os milhares de filhos dessas pessoas “assistidas” estão aos bandos todos os dias nos semáforos pedindo centavos, outras com suas mães nas filas dos bancos, dos supermercados, outros cheirando cola nas praças, e ainda tem as outras crianças de colo, bebês, que são alugadas para serem usadas para pedir esmolas e passam o dia todo no sol, no chão imundo das calçadas e engolindo poeira de asfalto sem uma gota de água sequer.

A maioria das meninas das favelas envolta das grandes cidades do nordeste se prostituem e tem uma penca de filhos ainda na sua juventude, noticias de políticos e empresários do nordeste fazendo orgias com essas meninas são frequentes, não precisamos mais de Brizolas, Lulas e Paloccis da vida e suas festas a custa do governo, precisamos dar exemplos vivos de como voltar a desejar, a sonhar, ontem eu vi um filme muito bom que todos deveriam ver, “Um sonho possível” com a Sandra Bullock, o nordeste está cheio de Big Michael, mas, os políticos tentam nos vender que só o bolsa família resolve e milhões de brasileiros se sentem melhores só por isso.

Ser exemplo de liberdade, felicidade e expansão é uma coisa muito fácil, basta confiarmos nas nossas emoções, se você se sente bem faça, agora!

Devemos nos estimular a sempre sair de onde estamos e caminhar pelas nossas emoções para voltarmos a sonhar, e é isso exatamente o que faço em cada assunto, saio da minha raiva de ver o contraste ganhar corpo e caminho na direção do que eu quero que é me sentir bem novamente.