As empresas que se cuidem diante do desejo dos internautas nas redes sociais, vejam o exemplo da poderosa Ferrari

3 de agosto de 2010 por
Publicidade

Num piscar de olhos uma notícia circula o mundo e lojas e mais lojas deixam de vender camisas, bonés, chaveiros, relógios, miniaturas e tudo mais que lembrem a Ferrari, isto é um prejuízo incalculável na imagem de uma grande marca.
As empresas precisam ficar atentas como ficou a Ferrari que ao ver seu nome ser mal dito em várias redes sociais que agrupam cada vez mais gente, tem rede com mais de 500 milhões de associados, imagine o preju! Correu atrás do prejuízo e voltou a trás em seus diálogos com seu publico, dando-lhes satisfação em anunciar o que os internautas queriam ouvir da escuderia Italiana.