Desejo sexual no iPhone 4 à US$ 6,00 o minuto

30 de julho de 2010 por
Publicidade

Com apenas três meses de lançamento, a indústria pornográfica já nota um grande potencial de faturamento com o iPhone 4. A idéia das empresas do ramo é produzir conteúdo adulto, como videochats, e transmiti-lo pelo recurso FaceTime, que permite realizar videoconferência pelo próprio telefone.

A indústria pornô quer disponibilizar serviços de vídeo com suas estrelas aos consumidores. E, justamente, com o celular que, diferente de um computador, é um item bem pessoal. “Um telefone é algo muito íntimo, geralmente, você não empresta ele para alguém ou deixa outra pessoa usando seu aparelho”.

Já se está planejando a venda de serviços para iPhone. Tem empresa que vai oferecer sessões com atrizes pornô no FaceTime por US$ 5 ou US$ 6 por minuto. O FaceTime só funciona entre iPhones e o local, necessariamente, deve ter uma conexão à internet sem fio.